Monte Gordo manifesta-se contra encerramento da Caixa Geral de Depósitos

Monte Gordo manifesta-se contra encerramento da Caixa Geral de Depósitos

493
PARTILHE
- Pub -
População protestou junto à Caixa Geral de Depósitos de Monte Gordo
População protestou junto à Caixa Geral de Depósitos de Monte Gordo

A comissão Concelhia de Vila Real de Santo António do PCP promoveu esta segunda-feira, dia 10 de Abril, junto à Caixa Geral de Depósitos em Monte Gordo, uma concentração contra o encerramento desta dependência, na qual participaram muitas dezenas de clientes, pequenos empresários locais e população de Monte Gordo que utiliza regularmente este serviço e que não se resignam com o encerramento.

No final do mês de Março, quando foi tornada pública esta intenção da administração da CGD, foi desenvolvida uma acção de contacto com população e trabalhadores da CGD, em que participou o vereador da CDU, Álvaro Leal, onde foi possível confirmar que “o encerramento desta agência, a concretizar-se, penalizaria a população de Monte Gordo em particular, as pessoas mais idosas com baixos rendimentos e sem meios próprios de deslocação e as micro e pequenas empresas da Freguesia. Problema que acresce pelo facto de que a dependência de Monte Gordo é uma das duas únicas agências bancárias da freguesia e que a sua existência contribui decisivamente para o descongestionamento da Agência de Vila Real de Santo António, durante todo o ano e em particular na época alta, quando aumenta o número de clientes e de movimentos”.

PCP diz-se empenhado na luta contra o encerramento das agências bancárias da CGD
PCP diz-se empenhado na luta contra o encerramento das agências bancárias da CGD

Nas palavras proferidas na concentração, para além da intervenção do PCP e do vereador da CDU na Autarquia, foi dada a conhecer a intervenção parlamentar desenvolvida pelo deputado Paulo Sá, eleito pelo Algarve na Assembleia da República, onde o governo foi questionado sobre os objectivos e consequências de um eventual encerramento da dependência de Monte Gordo.

O PCP manifesta desta forma e mais uma vez, “o seu total empenhamento na luta contra o encerramento das agências bancárias da CGD, exortando as populações a manifestarem o seu repúdio por mais este atentado à banca pública em tudo contrária aos interesses do Povo e do País”.