Portimão celebra 43 anos da Revolução de Abril

Portimão celebra 43 anos da Revolução de Abril

1364
PARTILHE
O programa deste ano conta com cerca de 35 iniciativas de diferentes índoles
O programa deste ano conta com cerca de 35 iniciativas de diferentes índoles

O programa das comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril, em Portimão, foi delineado sob o mote “Abril Cores Mil” com o propósito de enfatizar o conjunto diversificado de iniciativas que irão decorrer no âmbito desta efeméride.

O programa das cerimónias oficiais das comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril inicia-se no dia 19 de Abril e termina no dia 25 de Abril e será pautado por momentos de reflexão e debate, onde a história, o desporto, a música, o teatro e a literatura assumem um papel de relevo na evocação dos ideais da liberdade e da democracia. O programa deste ano conta com cerca de 35 iniciativas de diferentes índoles e com o envolvimento de várias entidades dirigido a vários públicos, onde todos têm a sua própria voz. Iniciativas estas, que respiram consciências, liberdade nas ruas, nos equipamentos municipais, no rio, no mar, no campo e com “cores mil” próprias da primavera singular portimonense.

No dia 19 de Abril, às 18 horas, terá lugar, no Auditório do Museu de Portimão a Conferência “A Revolução no Algarve e o Algarve na Revolução: O Caso de Portimão” por Maria João Raminhos Duarte, onde serão levantadas questões de como se integrou o Algarve nos preparativos revolucionários em Portimão e como foram vividos esses momentos.

No dia 20 de Abril, às 21.30, a música estará em evidência na Casa Manuel Teixeira Gomes com o Recital por Afonso Dias em homenagem ao cidadão, poeta, compositor e cantor, arauto da liberdade “José Afonso – in memoriam”.

No dia 21 haverá teatro para miúdos e graúdos

No dia 21, é tempo de teatro com o espectáculo “Portugal Não é Um País Pequeno”, de André Amálio, com uma sessão dedicada para as escolas às 14.30 e outra às 21.30 para o público em geral. Ainda no mesmo dia 21, às 18 horas, o Auditório do Museu de Portimão será palco da Conferencia “Bíblia, História e Filosofia” por Frederico Lourenço em colaboração com o Grupo de Filosofia da Escola Manuel Teixeira Gomes. A comemoração dos 43 anos da democracia termina este dia da melhor forma com o Ciclo de Conferências “Histórias com História”, às 21.30, na Casa Manuel Teixeira Gomes com os convidados João Soares e Horácio Vale César.

Nos dias 22 e 23 de Abril existem uma pluralidade de iniciativas que merecem grande destaque, nomeadamente no dia 22, o Concurso de “Momentos de Leitura”, às 9.30 protagonizado pelos alunos do 1º Ciclo do Ensino Secundário com a colaboração do Grupo de Trabalho das Bibliotecas Escolares. Neste mesmo dia, Portimão volta a acolher o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 em Motonáutica, um dos mais emocionantes desportos de alta velocidade a nível mundial. A prova decorrerá entre os dias 22 e 23 de Abril, das 10 às 16.30 no estuário do rio Arade e promete emoções fortes para residentes e turistas.

Celebrações assumem um papel de relevo na evocação dos ideais da liberdade e da democracia
Celebrações assumem um papel de relevo na evocação dos ideais da liberdade e da democracia

Ainda no dia 22, das 14.30 às 22.30 e no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios a história marca com a iniciativa “Um dia e uma Noite na Pré-História” junto do Centro Interpretativo e Monumentos Megalíticos de Alcalar, com entrada livre.

No dia 24 de Abril merece relevo a inauguração da exposição “Abril Cores Mil” e a entrega dos diplomas aos participantes do concurso que deu origem à imagem do 25 de Abril de 2017. Este momento terá lugar na Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes, às 17.30. Ainda neste dia, a música é o grande desafio para celebrar a Revolução em Portimão e pelas, 21.30, irá ter lugar no Grande Auditório do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, o Concerto Comemorativo do 25 de Abril de 1974 “Liberdade” com o Gato Malvado Ensemble e Filipa Sousa que canta com o Grupo Coral da Casa do Alentejo de Albufeira, organizado pelo Conservatório de Música de Portimão.

No dia 25 de Abril celebrações começam às 9 horas

No dia 25 de Abril, na Praça 1º de Maio e a partir das 9 horas, o município evocará o 25 de Abril com uma cerimónia que integra o Hastear das Bandeiras e a interpretação do Hino Nacional pela Banda Filarmónica da Sociedade Filarmónica Portimonense e Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Portimão, a que se seguirá a Arruada e Largada de Pombos. Pelas 10h00 tem início a XIII Corrida da Liberdade, que tradicionalmente junta centenas de participantes e tem partida marcada para as 10h00 na Zona Ribeirinha de Portimão (junto ao coreto). Às 10h15 terá lugar a Sessão Solene, com as intervenções dos representantes dos partidos políticos com assento na Assembleia Municipal de Portimão, do respectivo presidente e da presidente da Câmara Municipal de Portimão, intercaladas por Momentos de Poesia por alunos de Escolas do Ensino Secundário de Portimão e por Momentos de Música pelo Conservatório de Música de Portimão.

Ainda no dia 25, pelas 15 horas, irá realizar-se a Cerimónia de descerramento da placa de identificação da Escola Básica 2, 3 José Sobral na Mexilhoeira Grande, organizado pela Junta de Freguesia da vila. Às 16.30, na Junta de Freguesia de Portimão irá ser lançado o Livro dos Autarcas da Freguesia de Portimão. O dia da revolução dos cravos termina, às 18 horas no Grande Auditório do TEMPO com o Lançamento do Livro “Palavras de Liberdade: Colectânea de Poetas de Portimão”, um livro constituído por 25 autores e quatro ilustradores.

Às cerimónias oficiais do programa junta-se um conjunto de festividades, organizadas pelo movimento associativo, que passam por diversas manifestações desportivas e culturais que poderão ser consultadas em: http://vivaportimao.pt/images/2017/Abr/PROGRAMA-FINAL1—072E-17_CMP_25-de-Abril-2017.pdf.