Vamos à Vila liga cerca de 100 povoações às sedes de freguesia...

Vamos à Vila liga cerca de 100 povoações às sedes de freguesia e de concelho

507
PARTILHE
- Pub -
Autocarro da Câmara em deslocação ao Hospital de Faro
Autocarro da Câmara em deslocação ao Hospital de Faro

“Falar de isolamento deve ser mais do que simplesmente constatar esta realidade ou lamentarmo-nos dela. temos de ter soluções porque as populações precisam de respostas”.

É com esta frase que o presidente da Câmara Municipal, Osvaldo Gonçalves, explica a razão de um avultado investimento anual da autarquia de Alcoutim na área dos transportes colectivos.

“Sabemos que a rede de transportes públicos no concelho é reduzida, exclusivamente rodoviária e manifestamente insuficiente”, recorda o presidente.

“Exactamente por isso tem sido um esforço constante o da promoção da mobilidade e da acessibilidade dentro do concelho, que fazemos directamente através do programa Vamos à Vila”, diz.

- Pub -

Este programa da autarquia liga cerca de 100 povoações às sedes das respectivas freguesias e à vila de Alcoutim uma vez por semana e de forma gratuita.

“É uma resposta que traz as pessoas até aos locais onde podem resolver a sua vida, ir ao médico, à farmácia, às compras, ver a família e os amigos”, refere o autarca, que sublinha que “é assim, também, que se põe termo ao isolamento e que se dá qualidade de vida às pessoas”.

Mas nem só desta medida se faz o esforço a favor da ligação das populações entre si.

A ligação a Faro e ao hospital que serve todo o sotavento da região faz-se também pela mão da Câmara, gratuitamente e duas vezes por semana, mediante marcação através do telefone 281 540 508.

A autarquia leva até Faro todos os munícipes para consultas de especialidade e realização de exames ou para visitarem familiares internados no Hospital de Faro.

O serviço funciona às terças e sextas-feiras com o seguinte horário:

Às terças-feiras: Freguesia de Giões às 7 horas, Freguesia de Vaqueiros às 7.15 e Freguesia de Martim Longo às 7.30. Às sextas-feiras: na Freguesia de Alcoutim às 7 horas e na Freguesia de Pereiro à mesma hora.

Assim se unem pessoas.

(Artigo publicado na edição de Abril do Caderno de Alcoutim)

- Pub -