Apreendidos mais de 200 quilos de bivalves em operação da ASAE

Apreendidos mais de 200 quilos de bivalves em operação da ASAE

1373
PARTILHE

 

Supostos inspectores pedem aos agentes económicos o pagamento de coimas
Na rua estão mais de 130 inspectores de norte a sul do país

Mais de 300 veículos foram inspeccionados e mais de 200 quilos de bivalves foram apreendidos hoje de manhã durante uma operação da ASAE que ainda está a decorrer em todo o país, disse o inspector-geral.

Em declarações à Agência Lusa, o inspector-geral da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), Pedro Portugal Gaspar, adiantou que a operação começou cerca das 6.30 e terá a duração de 24 horas.

“Vai estender-se até às 6.30 do dia seguinte [sexta-feira]. A operação estende-se de Bragança a Faro em mais de 45 pontos e envolve mais de 130 inspectores, o que significa que está na rua grande parte do dispositivo da ASAE”, disse.

Desde as 6.30 de hoje, até cerca das 9.30, foram, segundo Pedro Portugal Gaspar, inspeccionados mais de 300 veículos e instaurados meia dúzia de processos de contra-ordenação.

“Tivemos também uma apreensão acima de 200 quilos de moluscos, bivalves. Aqui está um exemplo de um produto tipicamente com alguma perigosidade”, disse.

De acordo com o responsável, esta operação de controlo de mercadorias visa assegurar a segurança dos produtos sejam eles económicos ou alimentares

“A ASAE tem a responsabilidade de assegurar a segurança dos produtos desde a produção até ao retalho. Nós estamos a inspeccionar a sua fase intermédia, ou seja, a do transporte. Claro que estamos a ter mais atenção à parte alimentar porque têm outras condições de exigibilidade e da salvaguarda da segurança alimentar e que merece mais a nossa preocupação”, explicou.

O inspector-geral adiantou que durante a operação estão Acer verificadas as condições higieno-sanitárias, das temperaturas no transporte de frescos, bem como as guias de transporte.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook