Governo está em Tavira a promover Programa Ciência e Cultura

Governo está em Tavira a promover Programa Ciência e Cultura

608
PARTILHE
- Pub -
Governo esta em Tavira com Programa de Ciencia e Cultura
Abertura da sessão foi feita pelos Secretários de Estado e pela presidente do Centro Ciência Viva de Tavira

Está a decorrer, no Centro Ciência Viva de Tavira, a quinta sessão do Programa Ciência e Cultura (C2), dedicada à temática ‘Formação e Mediação’.

A Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Maria Fernanda Rollo, o Secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, e a presidente do Centro Ciência Viva de Tavira, Ana Paula Martins, abriram a sessão, que começou às 10.30 horas, e que se vai prolongar pela tarde fora, até às 17 horas.

A única sessão realizada na região algarvia, promove uma reflexão sobre as oportunidades e os desafios que surgem nos domínios da formação e mediação . A presidente do Centro Ciência Viva, Ana Paula Martins, garante que “estamos sempre disponíveis para colaborar e é uma honra o Centro ter sido escolhido para a realização desta sessão”.

Num ambiente intimista, representantes de várias entidades do país apresentam e debatem sobre estudos de caso e projectos, promovidos no sector da cultura ou no âmbito das instituições científicas e de ensino superior, que têm como público-alvo, investigadores, estudantes, gestores de repositórios, profissionais de instituições de ensino superior e de cultura, entre outros.

Governo esta em Tavira com Programa de Ciencia e Cultura
Apresentação realizadas num ambiente mais intimista.
Governo quer criar elos de ligação entre a ciência e a cultura

A iniciativa do Governo pretende promover uma dinâmica colaborativa entre a ciência e a cultura, através do desenvolvimento de um programa baseado nos princípios da responsabilidade social, cultural e patrimonial das instituições culturais, académicas e científicas.

- Pub -

Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, disse ao POSTAL que “esta acção de ciência e cultura foi uma boa oportunidade para utilizar o Centro de Ciência Viva de Tavira, que é um espaço fantástico de partilha e de encontro com o conhecimento, dedicado a todas as gerações e a todas as idades”.

Até ao final da tarde, mais projectos e estudos de caso vão ainda ser apresentados, seguidos de um espaço de debate com a participação do público presente, e terminando depois a sessão com a apresentação de novas propostas de trabalho.

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)