Gustavo Marcos eleito vice-presidente da Academia Olímpica de Portugal

Gustavo Marcos eleito vice-presidente da Academia Olímpica de Portugal

1104
PARTILHE
A cerimónia de tomada de posse decorreu no passado dia 27 de Abril na sede do Comité Olímpico de Portugal
A tomada de posse decorreu no passado dia 27 de Abril na sede do Comité Olímpico de Portugal

O olhanense Gustavo Marcos, mentor e coordenador dos Jogos de Quelfes, tomou posse como vice-presidente da Academia Olímpica de Portugal (o primeiro algarvio a desempenhar estas funções), entidade integrada no Comité Olímpico de Portugal e cujas atribuições se situam ao nível da promoção do Olimpismo e dos valores de cidadania preconizados pelo barão Pierre de Coubertin, nomeadamente junto dos jovens em idade escolar.

Na cerimónia, que decorreu no passado dia 27 de Abril na sede do Comité Olímpico de Portugal, o novo presidente, Tiago Viegas destacou o envolvimento dos membros na actividade da Academia Olímpica de Portugal, ao serviço da promoção dos valores em que assenta a dimensão humana do desporto, ao mesmo tempo que manifestou empenho na colaboração com o COP dentro do que está consignado como missão estatutária da AOP, Tiago Viegas destacou ainda o projeto desenvolvido pelo Comité Olímpico de Portugal no âmbito da Plataforma de Apoio aos Refugiados como exemplo que demonstra a importância social do desporto assente em valores como o da solidariedade.

A fechar a cerimónia, José Manuel Constantino, presidente do COP, manifestou a convicção de que a AOP deve formar quadros desportivos no domínio dos valores do Olimpismo, que têm evoluído sobre as vicissitudes da história do Movimento Olímpico. Sublinhou que há valores quer constituem o ideário de base do Olimpismo e que cabe à AOP fazer a sua divulgação. Para essa tarefa identificou algumas ameaças que podem constituir obstáculos ao trabalho de uma academia olímpica, como os problemas da dopagem, da corrupção e da violência. Mas realçou que as instituições empenhadas na defesa dos valores são o último refúgio dos que acreditam que a educação é o meio para a promoção de um desporto com ética, tendo aí as academias olímpicas uma missão urgente a cumprir.

O Conselho Directivo agora empossado é presidido por Tiago Viegas, sendo vice-presidentes José Esteves e Gustavo Marcos, enquanto os vogais são Marta Lopes e Afonso Candeias. Os atletas olímpicos Susana Feitor e Tiago Venâncio integram a nova equipa directiva da AOP como suplentes.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook