Novo terminal rodoviário de São Brás custa 150 mil euros e arranca...

Novo terminal rodoviário de São Brás custa 150 mil euros e arranca este Verão

1362
PARTILHE
- Pub -
autocarro eva
Autocarros da EVA transportes serão os principais utilizadores do novo terminal

A obra vai dotar São Brás de Alportel de um terminal rodoviário de passageiros com verdadeiras condições para acolher os utilizadores de transportes públicos da vila serrana e, de acordo com declarações do presidente da autarquia ao POSTAL, vai custar cerca de 150 mil euros.

O autarca Vítor Guerreiro tem em fase de últimos ajustes o projecto de arquitectura e de estruturas viárias de acesso do novo terminal que será a base operacional dos transportes públicos do concelho, em particular das ligações asseguradas pela EVA Transportes, e explicou ao POSTAL as características da obra.

“Trata-se de um terminal moderno, com todas as valências necessárias a uma infra-estrutura deste tipo nos dias de hoje e que contará com uma bolsa de estacionamento que permitirá aos utilizadores deslocarem-se até ao terminal nas suas viaturas e aí acederem ao serviço de transportes colectivos”, refere o presidente.

São Brás junta-se ao grupo de municípios com gares rodoviárias estruturadas
Vítor Guerreiro
Vítor Guerreiro destaca a importância estruturante deste investimento

Com esta obra São Brás junta-se ao grupo de municípios da região que dispõem de um terminal rodoviário estruturado e com instalações próprias e adequadas, situação que não existia até ao momento no terminal rodoviário a céu aberto localizado no centro da vila.

“É uma obra estruturante para o concelho e que integra a política de mobilidade e reorganização rodoviária que São Brás vem implementando desde há vários anos”, sublinha Vítor Guerreiro.

Centro da vila não fica sem serviço de proximidade de transportes apesar do novo terminal ficar na periferia
- Pub -

Uma garantia deixada ao POSTAL pelo autarca são-brasense é a de que o centro da vila não ficará desprovido de acesso aos transportes públicos.

“Na zona do antigo terminal que agora está a ser requalificada para acolher 25 novos lugares de estacionamento será disponibilizada uma paragem de autocarros que assegura a passagem dos transportes públicos no centro da vila e o fácil acesso aos mesmos”, refere Vítor Guerreiro.

No projecto de requalificação da zona do antigo terminal está prevista a instalação de mobiliário urbano moderno que inclui dois abrigos para os passageiros que aguardam os transportes públicos.

Obra estará no terreno durante o Verão e representa um investimento total de 250 mil euros
terminal-sao-bras-peq
CLIQUE SOBRE A IMAGEM PARA VER EM PORMENOR – Infografia com localização meramente indicativa e sem visualização à escala

Ao POSTAL o presidente da Câmara avançou que a construção do novo terminal “deverá ser lançada a concurso público já no próximo mês” e que, cumpridos todos os procedimentos, “as obras deverão arrancar durante o Verão”.

“Trata-se de um investimento composto por duas partes, uma relativa ao terminal propriamente dito, no valor de 150 mil euros, e uma outra relativa a uma bolsa de estacionamento adjacente, no valor de cerca de 100 mil euros”, esclareceu o presidente que sublinha que “toda a infra-estrutura estará dotada de características arquitectónicas capazes de assegurar a política do município de acessibilidade para todos”.

Novo terminal ficará situado junto do principal eixo distribuidor de tráfego do concelho

O novo terminal ficará situado junto à circular Norte e à rotunda do centenário, no limite Norte da vila. A escolha do local permitirá que os autocarros entrem e saiam do terminal pela circular Norte podendo facilmente aceder a qualquer destino dentro e fora dos limites urbanos da vila.

Situado a poente da sede da associação In Loco, o terminal terá ainda um acesso para ligeiros destinado ao parque de estacionamento adjacente feito por um arruamento a criar Sul da sede daquela associação.