A PAIXÃO PELO TEMA É CRUCIAL – Entrevista com Carolina Afonso e...

A PAIXÃO PELO TEMA É CRUCIAL – Entrevista com Carolina Afonso e Sandra Alvarez, autoras do livro “Ser Blogger”

920
PARTILHE
- Pub -
O livro já é número 1 do Top de vendas da Fnac na categoria de Gestão e Marketing. Também na Wook está no Top 10 das vendas nacionais. Trata-se de um autêntico manual pratico acessível a todos e que funciona como uma ferramenta essencial para quem quer ser blogger.
No Algarve, o lançamento é no sábado, dia 20 de maio, às 21H30 na FNAC em Faro, com apresentação de Margarida Vargues, blogger do Pano pra MangasHenrique Dias Freire, director do jornal Postal do Algarve 30 anosCristiana Rodrigues, blogger do Salto Alto.

Entrevista de Henrique Dias Freire

As autoras do livro SER BLOGGER: Carolina Afonso e Sandra Alvarez
As autoras do livro SER BLOGGER: Carolina Afonso e Sandra Alvarez

Ser blogger é uma actividade em crescimento. Como definiriam ser blogger nos dias de hoje?

Ser blogger é ter uma paixão por um determinado tema (seja ele moda, música, viagens, culinária, tecnologia) e ter o desejo de partilhar este seu interesse com outros.

Os bloggers expressam a sua opinião, satisfação, ou não, sobre produtos, serviços e também sobre marcas, de uma forma mais humanizada e geradora de empatia com os seus leitores. Por esta razão, hoje em dia, fala-se nos bloggers como os novos influenciadores da decisão de compra e, devido à sua visibilidade junto dos seus seguidores, têm poder para amplificar uma mensagem.

Ser blogger, hoje em dia é mais do que ter uma página numa plataforma de blogging. É ter também um bom domínio da tecnologia e dominar as várias plataformas de social media para lá do blog, como Facebook, Instagram, etc e saber criar as devidas sinergias entre estas para comunicar eficazmente com a audiência.

O lançamento do vosso livro tem tido uma grande receptividade por parte da comunicação social. As vendas estão a corresponder ao que era expectável?

Sim, desde há uma semana que o livro Ser Blogger é número 1 do Top de vendas da Fnac na categoria de Gestão e Marketing. Também na Wook estamos no Top 10 das vendas nacionais totais.

Mais mais do que estarmos nos tops de vendas, a nossa maior recompensa é o feedback extremamente positivo que temos tido dos leitores.

Qual foi o principal objectivo que esteve na origem do livro “SER Blogger”?

Devido às nossas profissões lidamos com bloggers e constatámos que, hoje em dia, os consumidores recorrem cada vez mais a bloggers como fonte de informação e referência sobre um determinado produto.  É neste contexto que identificámos uma lacuna na área editorial sobre o tema, pois existem diversos livros escritos por bloggers mas nenhum escrito por profissionais de marketing.

O nosso objetivo está alinhado com esta perspectiva e passa por dar as ferramentas essenciais para que alguém que se queira iniciar como blogger ou que já tenha um blogue e queira otimizá-lo

O livro procura responder a três grandes questões. Como resumiria aqui a resposta a cada uma delas, começando “como criar um blogue”?

A primeira reflexão deve ser sobre o tema do blog, qual a paixão, a fonte de inspiração que acompanhará o blogger ao longo de todo o percurso. Este “tema” será o guia e o foco sempre que se escreve ou partilha no blog.

Depois é importante escolher o nome do blog e definir a identidade do blog (marca, assinatura, etc) e finalmente escolher a plataforma. Existem várias opções.

Entre as grátis existem o Blogger, SAPO, WordPress.com, entre outros. Dentro das opções pagas o destaque vai para o Worpress.org que permite uma série de customização e acesso a plug-ins, sendo que algumas das opções disponíveis permitem aceder a informação mais avançada, como indicadores de performance, por exemplo.

E como comunicar um blog?

Para que o seu blogue se torne conhecido é fundamental que seja comunicado e que seja feito algum esforço para fazer crescer o seu número de leitores. Pretende-se que o blogue tenha visitas e que exista interação entre os leitores e o blogue.

Fazer crescer uma comunidade não é fácil e exige muita resiliência e persistência. É preciso fazer muita tentativa-erro e ir medindo, para se conseguir apurar o que funciona e o que não funciona. É necessário ter-se em linha de conta que, hoje em dia, ter um blogue não é apenas abrir uma página no WordPress ou no Sapo. É preciso, para lá da paixão pelo tema, dominar a tecnologia e construir uma presença digital.

Promover o blogue e criar presença nas redes sociais (as mais relevantes face ao tema do blogue) é importante, bem como parcerias com agências de comunicação, marcas relevantes na área. Para tal, é necessário dominar alguns conceitos e ferramentas e é nesse sentido que dedicamos um capítulo do livro à arte de saber comunicar para fazer crescer e manter um blogue.

Finalmente, como rentabilizar um blog?

A rentabilização de um blog não deve ser um fim, mas sim o resultado de um bom trabalho do blogger. O blog deve nascer, crescer e consolidar-se antes de começar a ser rentabilizado. É importante que se destaque não apenas no formato do blog mas também através das redes socias, para assim despertar o interesse das marcas. É sempre mais fácil negociar quando se é procurado e desejado do que quando se vai à procura.

As marcas olham para métricas de audiência (número de seguidores, de utilizadores únicos, frequência de visita, etc), de engagement (comentários e relação com o blog/blogger, etc.), mas podem também simplesmente estar interessadas no tema do blogue e essa afinidade entre o tema do blog e a marca ser suficiente para considerarem o investimento no blog.

Justifica-se actualmente a criação de formações específicas sobre o tema, nomeadamente académicas em formato de pós-graduação?

Existem diversos cursos hoje em dia na área do marketing digital que cobrem estes temas, sejam eles cursos de pós-graduação como também executivos. A elevada procura por estes cursos acaba por ser a melhor resposta a esta questão. Existem pessoas que procuram adquirir competências nesta área ou procuram actualizá-las.

Ser blogger implica ter um conhecimento mais vasto para lá do blogging, pois envolve as tais sinergias faladas anteriormente. Hoje em dia, trata-se de um ecossistema digital e que inclui também redes sociais, content marketing, search engine marketing, search engine optimization, e-mail marketing, etc.

Há que definir primeiro o que é sucesso para cada um

Quais são, na vossa opinião, os blogs que estão a ter maior sucesso?

Tal como mencionado anteriormente, o sucesso é relativo. No livro abordamos um caso internacional, o da blogger Chiara Ferragni, que consideramos ser um caso de sucesso. A autora tem apenas 28 anos, é italiana e autora do blogue The Blonde Salad. Tem mais de cinco milhões de seguidores no Instagram, mais de um milhão no Facebook, é um case study na Universidade de Harvard. A Chiara iniciou o blogue em 2009 e já gerou cerca de 7,5 milhões de euros e, em 2014, integrou a lista Forbes dos 30 jovens com menos de 30 anos mais bem-sucedidos do mundo, na categoria Arte e Estilo.

Ao nível nacional, no livro são dados vários exemplos para ilustrar alguns temas. Tivemos a preocupação de selecionar bloggers já reconhecidos, como a Pipoca Mais Doce, Cocó na Fralda, Stylista, Às Nove no Meu Blog, Cinco Quartos de Laranja, Mini-Saia, Aberto até de Madrugada (entre outros), mas também bloggers que estão noutro estágio mas a fazer um bom trabalho como Memórias da M, Salto Alto, Agora nós os 3, Lume Brando.

O sucesso de um blog assenta em que premissas?

Logo no primeiro capítulo do livro, falamos precisamente na importância que tem o blogger definir logo de início o que é para si o sucesso. A definição de sucesso varia de pessoa para pessoa e enquanto para uns poderá ser ter muitos seguidores e muitos comentários, para outros pode ser apenas sentir-se realizado com o que partilha, ou rentabilizar o blogue. Claro que cada um deles terá métricas diferentes, pelo que definir o que é um blog de sucesso será sempre relativo.

Que conselhos dariam a quem tem curiosidade em iniciar-se como bloger?

Em primeiro lugar descobrir a sua paixão, a seguir fazer o teste “Posso ser blogger?” que se encontra no primeiro capítulo do livro. É importância que se faça uma auto-análise numa fase inicial para que se tenha consciência do que implica ser blogger. Depois é importante ser-se resiliente. Construir um blog dá muito trabalho e requer dedicação. Os resultados não aparecem do dia para a noite e é preciso ter essa capacidade de não desistir e trabalhar dia após dia. O caminho faz-se caminhando… também na blogosfera.

Essencial para quem se queira iniciar como blogger ou que já tenha um blogue e queira otimizá-lo
Essencial para quem se queira iniciar como blogger ou que já tenha um blogue e queira otimizá-lo
SOBRE AS AUTORAS:

CAROLINA AFONSO é algarvia, mais concretamente da Fuzeta. É professora universitária e profissional de marketing com mais de dez anos de experiência na área das Tecnologias de Informação. Foi diretora de marketing da ASUS de 2008 a 2016, ano em que terminou o seu doutoramento e decidiu dedicar-se ao ensino e à formação. É coordenadora executiva da Pós-Graduação em Marketing Digital do ISEG.

SANDRA ALVAREZ tem mais de vinte anos de experiência profissional em várias áreas do marketing e da comunicação de marcas, tendo trabalhado vários setores de atividade e várias marcas dentro de cada sector. É atualmente diretora-geral na PHD, agência de Media do Omnicom Media Group. É mestre em Marketing pelo ISCTE, pós-graduada em Marketing Digital pelo INDEG-ISCTE e licenciada em Economia pelo ISEG. É docente no ISEG, ISCTE.