São Brás recua até 1914 para celebrar um século de progresso

São Brás recua até 1914 para celebrar um século de progresso

460
PARTILHE
- Pub -
recriacao historica
São-brasenses saem à rua com trajes da época

O Centro Histórico de São Brás de Alportel vai entrar na “máquina do tempo”, no fim-de-semana de 27 e 28 de Maio, e recuar 103 anos…

A segunda edição da Recriação Histórica “São Bráz d’Alportel 1914” vai transportar os visitantes para uma época de novas conquistas quando, nos primórdios da República, a freguesia foi elevada a concelho de São Brás de Alportel, no período áureo do sector corticeiro. Uma celebração para recordar e reviver aquele que foi um momento de viragem na História do município.

As ruas do Centro Histórico deixam-se invadir pela magia; a comunidade sai à rua com trajes da época, os copos e petiscos, em tascas e tabernas, recordam os sabores de outros tempos e a animação de rua procura fazer jus aos divertimentos do início do século XX. Acontecimentos inesperados, artistas de circo, lo tradicional carrossel, os acordes da música intemporal, as surpresas do teatro de rua e o mercado com produtos locais, serão alguns dos ingredientes destes dois dias de Recriação Histórica.

Por ruelas e recantos, Casas de Portas Abertas convidam a entrar, como um antigo salão de cabeleireiro com mais de 50 anos, um estúdio de fotografia à moda antiga; ou uma casa nobre, as montras estão adequadas à época, e aqui e acolá somos surpreendidos por personagens a recriar situações do quotidiano nos sítios mais inesperados ou artesãos a trabalhar ao vivo no seu ofício.

Cantora Celina da Piedade é convidada especial

- Pub -

O programa de animação contempla ainda o “Balho” à Antiga, pelo Rancho Típico Sambrasense, Rancho da Velha Guarda e Grupo Folclórico de Faro; momentos de teatro de rua com Ao Luar Teatro, Clube do Museu, São Braz Arte e a Sociedade Recreativa Bordeirense e um vasto leque de artistas e grupos que vão passar pelos três palcos do evento: os grupos Cante Andarilho, Fólis, Moçoilas, Vá de Viró, Veredas da Memória e Quinteto Osmose; momentos de Fado e Guitarra Portuguesa com Liliana Mendes, Arnaldo Santos, Ricardo Martins e Nuno Martins, concertos pelos grupos New Orleans Jazz Band e Dixie Gringos Jazz Band. O programa integra ainda uma edição especial do “Fado no Museu” e tem como convidada especial a cantora Celina da Piedade.

Programa de animação contempla o “balho à antiga”
Programa de animação contempla o ‘balho à antiga’

Celebrar um século de progresso e a implantação da República são a razão de ser desta segunda recriação histórica que convida a comunidade são-brasense e todos os visitantes a trajarem a rigor e a entrar nesta viagem ao passado!

A entrada é livre e o programa de animação decorre entre as 18 e a 1 hora.

A Recriação Histórica “São Braz d’Alportel 1914” é uma organização da Câmara de São Brás de Alportel, tem apoio técnico do Museu do Trajo, conta com a colaboração de associações, estabelecimentos comerciais, artesãos e produtores, artistas e grupos musicais, grupos informais e da comunidade em geral. Nesta segunda edição, o evento tem o apoio do Programa 365 Algarve.