Turismo a crescer em Abril a ‘reboque da Páscoa’

Turismo a crescer em Abril a ‘reboque da Páscoa’

1189
PARTILHE
Custos por estadia em época baixa podem aumentar 15% avisa Elidérico Viegas
Associação a que preside Elidérico Viegas analisa mensalmente os dados dos hoteleiros na região

A Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) divulgou há momentos os dados estatísticos dos operadores do sector no Algarve durante o mês de Abril de 2017, com um crescimento face ao mês homólogo de 2016 de seis pontos percentuais no que respeita à taxa de ocupação hoteleira.

Em termos acumulados, desde o início do ano, a taxa de ocupação quarto regista uma subida de 6%.

Assinalando que os dados são ainda provisórios, as estatísticas da organização mostram a consistência do crescimento das taxas de ocupação na região em 2017, mas a AHETA sublinha que “a data da Páscoa deste ano influenciou positivamente o resultado atingido”.

Mercado emissor nacional em alta com as mini-férias da Páscoa

De acordo com a AHETA, “os mercados que mais contribuíram para a subida verificada foram o nacional (+2,5 pontos precentuais (pp)), o alemão (+1,6 pp) e o espanhol (+1,2 pp). As principais descidas foram dos holandeses (-0,5 pp) e britânicos (-0,2 pp)”.

Lagos / Sagres em alta acentuada

Por zonas geográficas as maiores subidas ocorreram em Lagos / Sagres (+17,4 pp), Portimão / Praia da Rocha (+12,6 pp) e Carvoeiro / Armação de Pêra (+11,4 pp). Albufeira, a principal zona turística do Algarve, registou uma subida de 1,9 pp.

Volume de vendas acompanha subida 

O volume de vendas, revela a associação, aumentou 17,3 por cento durante o mês.

Boas notícias para o sector e para a economia regional que reforça assim o caminho para dados consolidados no turismo no ano de 2017 superiores aos de 2016, uma previsão que se tem vindo a afirmar como provável.

 

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook