Paulo Pires dá a textos publicados no Cultura.Sul forma de livro

Paulo Pires dá a textos publicados no Cultura.Sul forma de livro

1931
PARTILHE
A OPINIÃO de PAULO PIRES Programador cultural na C. M. de Loulé http://escrytos.blogspot.pt
Paulo Pires escolheu textos publicados no Cultura.Sul para integrar a obra

Paulo Pires apresenta hoje à tarde no Largo de São Sebastião em São Brás de Alportel, terra de onde é natural, o livro ‘Escrytos – crónicas e ensaios sobre cultura contemporânea (2013-2017)’.

A apresentação agendada para as 19 horas, leva à forma de livro entre outros textos as crónicas e ensaios publicados pelo investigador e programador cultural no caderno cultural do POSTAL – Cultura.Sul – ao longo dos anos em que Paulo Pires foi assíduo colaborador da publicação do POSTAL.

Não é a primeira vez que o Cultura.Sul dá origem a um livro
livro cultura carrapato
O primeiro livro a ter origem em publicações realizadas no Cultura.Sul, dedicado a Júlio Carrapato

O POSTAL que vai acompanhar a iniciativa hoje em São Brás de Alportel, não podia deixar de se associar à iniciativa num momento em que o Cultura.Sul vê pela segunda vez os textos publicados nas suas páginas assumirem a forma de livro.

Já em 2008 assumia a forma de livro a entrevista a Júlio Carrapato conduzida por Salvador Santos e publicada no Cultura.Sul que deu origem ao livro ‘Palavra puxa Palavra – Uma conversa afiada – levada ao prelo pelas Edições Sotavento.

OReconhecimento de um caderno cultural único na região já conta com um prémio da APOM

O POSTAL e o Cultura.Sul dão assim cobertura jornalística a este momento protagonizado por Paulo Pires que se soma aos vários momentos de reconhecimento da importância do Cultura.Sul no quadro cultural da região.

Recorde-se que já em 2008 a Associação Portuguesa de Museologia (APOM) atribuiu ao Cultura.Sul a Menção honrosa para Melhor Trabalho Jornalístico no ano em que nesta categoria ganharam o Prémio APOM,  ex-aequo, o Jornal Publico e o programa Câmara Clara da RTP 2.

paulo pires livro
Obra de Paulo Pires é apresentada hoje ao público no renovado Largo de São Sebastião em São Brás de Alportel

Ana Isabel Santos apresenta hoje em São Brás a obra, na presença do autor, Paulo Pires, seguindo-se um período de reflexão e partilha, sobre a área da Cultura, nomeadamente questões ligadas à Programação e Mediação Culturais, Artes Performativas, Literatura e Leitura/Bibliotecas, bem como alguns projectos específicos que o autor desenvolveu, a esses níveis, em contexto profissional, quer em torno de temáticas sociológicas e educacionais.

Os textos apresentados são na óptica d de Paulo Pires “textos inacabados, abertos e de questionamento crítico, que resultam de uma necessidade pessoal (e profissional) de reflexão e de produzir pensamento, vários deles cruzando-se com perspectivas sociológicas e não poucas vezes temperados pelo sal da poesia.”

O evento conta ainda com um momento musical a cargo do músico são-brasense Ricardo Martins, conceituado mestre na guitarra portuguesa.

Esta obra editada pela Arranha-Céus, conta com o apoio da Câmara de São Brás de Alportel que sublinha, uma vez mais, “a importância da produção e partilha cultural na construção de uma sociedade cada vez mais desenvolvida”.

Facebook Comments

Comentários no Facebook