Gendarmerie e Guardia Civil patrulham ruas de Albufeira e Vilamoura com a...

Gendarmerie e Guardia Civil patrulham ruas de Albufeira e Vilamoura com a GNR

2327
PARTILHE
GNR apreendeu também armas, dinheiro e material informático usado num esquema fraudulento de insolvência de empresas
GNR aposta em equipas mistas para aumentar o sentimento de segurança dos turistas estrangeiros

O programa Turismo Seguro da GNR chega pela primeira vez ao terreno este ano dentro do quadro de operações especiais desta força de segurança no período de Verão, férias e maior actividade turística.

De acordo com a GNR, o programa tem “o objetivo de promover o apoio, a segurança e o combate ao crime contra o turista, nacional ou estrangeiro, contribuindo assim para uma estadia pacífica para quem visita Portugal”.

Para este propósito a guarda “além do reforço de patrulhamento especializado com vista ao atendimento, acolhimento e encaminhamento destes cidadãos em específico, desenvolve ainda ações de informação e sensibilização a este público, com a intenção de prevenir os potenciais riscos e perigos durante a sua estadia”.

Albufeira e Vilamoura com guardas franceses e espanhóis
guardia civil
Guardas das forças francesa e espanhola equivalente à GNR já estão a patrulhar no Algarve (foto de arquivo)

No Algarve são dois os destinos turísticos abrangidos pelo programa, Albufeira e Vilamoura, que vão poder contar com a presença permanente de militares da Guardia Civil Espanhola e da Gendamarie Nationale Francesa, para a realização de patrulhamento misto nas zonas balneares.

- Pub -

A região conta seis destas equipas de policiamento de proximidade, denominadas equipas mistas, e que assim levam ao terreno a cooperação internacional entre as três forças de segurança. Lisboa e Setúbal contam também com policiamento feito nos mesmos moldes para determinadas áreas mais turísticas dos respectivos distritos.

gendarme
A gendarmerie é a força de segurança congénere da GNR em França (foto de arquivo)

A GNR revela ainda que vai reforçar o patrulhamento nas zonas turísticas espanholas mais frequentadas pelos portugueses, como Pontevedra e Huelva, com quatro militares e que haverá ainda um reforço do patrulhamento misto com a Guardia Civil, em território português e espanhol, junto às zonas fronteiriças, em eventos de maior dimensão.

Recorde-se que no caso da GNR, o distrito de Faro tem em permanência 1.270 militares reforçados durante a época alta com 204 elementos destacados de outras unidades da guarda no país.

A este contingente somam-se 450 Homens da Unidade de Intervenção que serão chamados a dar cobertura de segurança a eventos de grande dimensão previstos no calendário de Verão do Algarve, tais como a concentração de motards, em Faro, e determinadas festas de grande capacidade de agregação de pessoas.

- Pub -