“A melhor Fatacil de sempre” está a chegar a Lagoa

“A melhor Fatacil de sempre” está a chegar a Lagoa

907
PARTILHE
- Pub -
D.A.M.A.
Os D.A.M.A. são os últimos a actuar nesta edição da Fatacil

A 38ª edição da Fatacil chega a Lagoa já no próximo mês, entre 18 e 27 de Agosto, para “a maior Fatacil de sempre” de acordo com o presidente da Câmara de Lagoa, Francisco Martins.

A maior feira generalista do Algarve e uma das maiores do país, apresenta um cartaz com artistas de top nacional “capaz de potenciar o reencontro de várias gerações”, como assinalou André Sardet, coordenador do palco principal da Fatacil.

O programa de concertos abre com Agir (dia 18) e engloba bandas como os GNR (dia 21), Xutos e Pontapés (dia 25), D.A.M.A (dia 27) ou a dupla Carminho/Tiago Bettencourt (dia 24), que apresenta um ‘show’ preparado especialmente para a Fatacil. Richie Campbell também vai estar presente na feira, dia 19, assim como João Pedro Pais (dia 20), Dengaz (dia 22), Quim Barreiros (dia 23) e o cantor angolano, Matias Damásio (dia 26).

Cartaz FATACIL17
Área de exposição é superior a 50 mil metros quadrados

O objectivo apresentado pelo presidente da Câmara é uma repetição das metas estabelecidas em 2016. “Não estamos a menosprezar ou diminuir as edições anteriores, trata-se muito simplesmente de sublinhar a determinação de fazermos mais e melhor em cada ano”, disse Francisco Martins.

Sector equestre é uma referencia nacional e internacional

Os motivos para uma visita não se esgotam nos concertos do Palco Principal, a feira soma cerca de 700 expositores distribuídos por uma área superior a 50 mil metros quadrados. O sector equestre, coordenado mais uma vez por Emídio Paias, tornou-se já uma “referência nacional e internacional” e vai fazer justiça a esse estatuto, segundo a organização.

Clémence Faivre, amazona e criadora de cavalo lusitano, estreia-se este ano em Portugal com o show Gotan. Destaca-se ainda a presença de Cancella de Abreu, que vai mostrar as fases de treino de um cavalo, e o espectáculo ‘PatrimóniUs’, concebido especialmente para esta edição da Fatacil, que junta o Fado, o cavalo lusitano e o cante alentejano.

À gastronomia e aos momentos de animação de rua junta-se também a visita obrigatória ao espaço ‘Amar a Terra’, sob a responsabilidade da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP), um espaço onde podemos encontrar os produtos típicos da região como o vinho, o mel, os doces regionais, os enchidos, o figo, a amêndoa, a alfarroba, os citrinos, o artesanato, entre muitos outros.

O sector agro-pecuário dá especial destaque aos criadores do Algarve, a mostra de raças nacionais e algarvias, o concurso nacional de ovelha churra algarvia e o cão do Barrocal.

Matias Damasio
Cantor angolano Matias Damásio actua no palco da Fatacil a 26 de Agosto
Espaço de estacionamento aumenta capacidade para 4000 viaturas

A Fatacil não aumentou o preço dos ingressos que se mantém assim nos 3,5 euros por dia, 12,5 euros por dia para uma família de quatro pessoas, ou 20 euros para os dez dias.

A capacidade de estacionamento aumenta em cerca de 1000 viaturas, a feira conta com um novo parque, junto aos supermercados Aldi e Apolónia, elevando para sete o número de parques e a capacidade total para cerca de 4000 viaturas.

A Câmara de Lagoa prevê um orçamento de 850 mil euros, valor idêntico à edição de 2016.

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)