Dias Medievais espalham magia pelas ruas de Castro Marim (com vídeo)

Dias Medievais espalham magia pelas ruas de Castro Marim (com vídeo)

1318
PARTILHE
Dias Medievais (2)
Clique na imagem para ver o vídeo do Desfile Medieval

Castro Marim já começou a viagem no tempo até à Idade Média e o Desfile Medieval pelas ruas da vila marcou o início de cinco dias que prometem encantar os visitantes.

Guerreiros, grupos de música e dança, cavaleiros, malabaristas, zaragateiros, cuspidores de fogo, contadores de histórias, gaiteiros, equilibristas, espadachins e contorcionistas, entre muitos outros, desfilaram em Castro Marim, a 23 de Agosto, transportando o público para toda a multiplicidade e todas as contradições de uma época simultaneamente bárbara e culta, que foi palco de magníficas produções culturais e artísticas, assim como de acontecimentos e decisões que marcaram a história.

Castelo é novamente o palco principal do evento

O Castelo volta a ser o palco principal do evento, onde têm lugar as principais recriações, como as de artes e ofícios, onde estão representadas mais de 45 profissões, ou os grandes espectáculos como os torneios medievais a cavalo. É também o Castelo, no paiol, que acolhe a renovada exposição de Instrumentos de Tortura e Punição, que ilustra uma das razões pela qual a Idade Média é considerada a Idade das Trevas.

Até 27 de Agosto, as ruas de Castro Marim servem de cenário para a recriação da vida quotidiana do homem da Idade Média, com a representação de todas as classes que constituíam a sociedade na época: clero, nobreza, burguesia e povo. Nas ruas é possível encontrar todo o imaginário de uma época que carregava criaturas mitológicas, monstros, criaturas demoníacas e mágicas, que explicavam tudo o que era ainda vago e impreciso.

Na programação de hoje, 25 de Agosto, o POSTAL destaca:
  • 18 horas: Animação de rua com gaiteiros, bobos, arqueiros e contadores de histórias
  • 18.30 horas: Pifaradas e Zabumbadas – arruadas pelo grupo de pastores da Serra da Estrela
  • 19.30 horas: Torneio de Armas a Cavalo pela Companhia de Teatro Viv’Arte, na liça do Castelo
  • 20.15 horas: Mozarabes – a música e a dança de Al Andaluz
  • 20.30 horas: Início do Banquete Medieval (mediante reserva)
  • 21 horas: Alius Vetus – grupo de danças antigas
  • 22 horas: Helena Madeira – harpa céltica na Igreja do Castelo
  • 23 horas: In Taberna – teatro de fogo

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook