Faleceu Luís Guerreiro, presidente da Fundação Manuel Viegas Guerreiro

Faleceu Luís Guerreiro, presidente da Fundação Manuel Viegas Guerreiro

1267
PARTILHE
Luis Guerreiro
Luís Guerreiro foi uma figura importante para a cultura algarvia

Luís Guerreiro, natural do concelho de Loulé, faleceu esta madrugada, 14 de Agosto, no Hospital de Faro, vítima de uma doença prolongada, aos 56 anos.

Engenheiro civil de formação e homem de letras por vocação, dedicou grande parte da sua vida à divulgação da história do Algarve, dando mesmo a conhecer inúmeras figuras e factos. Era um comunicador de excelência que desenvolveu e promoveu inúmeras iniciativas culturais que marcaram a região, sendo o Festival Literário Internacional de Querença (FLIQ) a mais recente, que este ano realizou a segunda edição.

Foi também um dos impulsionadores para a criação da Fundação Manuel Viegas Guerreiro, da qual era o actual presidente, e onde divulgou a vasta obra do seu patrono, na área da antropologia, e ampliou o espólio bibliográfico da instituição, constituindo um dos maiores acervos documentais sobre o Algarve.

A Direcção Regional de Cultura do Algarve já demonstrou o seu sentido pesar e em nota de imprensa realça que “o contributo cultural e o legado que nos deixa sobre a história local e regional é inquestionável. Aos familiares, amigos e Fundação Manuel Viegas Guerreiro apresentamos as nossas sinceras condolências”.

Comentários no Facebook