Fatacil abre as portas hoje com concertos e propostas imperdíveis

Fatacil abre as portas hoje com concertos e propostas imperdíveis

881
PARTILHE
- Pub -
agir
Agir é a voz que abre o palco da Fatacil já hoje

Há mil e uma razões para visitar a Fatacil a partir de hoje, mas entre elas estão como sempre os espectáculos musicais que apostam num cartaz de topo para atrair milhares de pessoas a Lagoa.

Entre a nata da música nacional que vai subir ao palco da Fatacil estão nomes com Agir, que abre hoje, 18 de Agosto, os concertos do certame, seguindo-se-lhe Richie Campbell (dia 19), João Pedro Pais (dia 20) e os GNR (dia 21).

Dengaz (dia 22) e Quim Barreiros (dia 23) antecedem a actuação da dupla Carminho/Tiago Bettencourt, no dia 24. No dia seguinte o palco é todo para os Xutos e Pontapés, com Matias Damásio (dia 26) e D.A.M.A (dia 27) a encerrarem a parada de estrelas da Fatacil 2017.

Francisco Martins volta a prometer a melhor Fatacil de sempre

Certo é que para além da música, entre 18 e 27 de Agosto a Fatacil vai ter muito para oferecer a todos os visitantes.

Não espanta por isso que Francisco Martins, presidente da Câmara de Lagoa, tenha garantido na apresentação da feira que “em 2017 vamos fazer a melhor Fatacil de sempre”.

“Não estamos a menosprezar ou diminuir as edições anteriores. Trata-se muito simplesmente de sublinhar a determinação de fazermos mais e melhor em cada ano”, disse Francisco Martins.

O mesmo preço com oferta de estacionamento alargada em mil lugares

Para usufruir de tudo o que a Fatacil tem para lhe mostrar a feira mantém os preços do último ano e assim um bilhete diário vai custar 3,50 euros, enquanto um bilhete diário familiar para quatro pessoas ficará em 12,50 euros.

Já o bilhete para a totalidade dos dez dias de feira custará 20 euros por pessoa.

Este ano sete parques de estacionamento garantem uma oferta de parqueamento automóvel acrescida em mil novos lugares.

Ao todo a Fatacil terá nesta edição quatro mil estacionamentos disponíveis em parques dedicados além do estacionamento público existente em torno do certame.

A gastronomia regional, o cavalo lusitano, os vinhos do Algarve, a agricultura e pescas e a oferta empresarial da região serão uma vez mais a espinha dorsal de uma Fatacil que decerto arrastará milhares de pessoas diariamente até Lagoa para visitarem a maior feira generalista do Algarve.

A não perder nem pitada numa proposta imperdível por todos os motivos e mais um, que fará com que Lagoa seja o centro do Algarve a partir de hoje e durante os próximos dez dias.