João Guimarães recebe Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa

João Guimarães recebe Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa

882
PARTILHE
(foto: D.R.)
Poeta recebe o Prémio pela obra ‘Mediterrâneo’ (foto: D.R.)

O Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa, que vai já na sexta edição, foi este ano atribuído ao poeta João Luís Barreto Guimarães pela obra ‘Mediterrâneo’, depois de uma decisão unânime do júri constituído pelos poetas e professores universitários Nuno Júdice, José Tolentino de Mendonça e pela professora da Universidade do Algarve, Adriana Freire Nogueira.

João Luís Barreto Guimarães junta-se assim a Fernando Echevarria, Fernando Guimarães, Nuno Júdice, João Rui de Sousa e Luís Quintais, figuras de relevo no panorama da poética nacional, que conquistaram as anteriores edições do Prémio, recuperado pelo município em 2016, após cinco anos de interregno por via da difícil situação financeira em que se encontrava.

Prémio é entregue na Biblioteca Municipal de Faro António Ramos Rosa

A entrega do Prémio, no valor de cinco mil euros, realiza-se no próximo dia 2 de Setembro, pelas 17.30 horas, na Biblioteca Municipal de Faro António Ramos Rosa.

João Luís Barreto Guimarães é licenciado em Medicina e Cirurgia pela Universidade do Porto e especialista em Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia. Em 1989 publicou o primeiro livro, ‘Há Violinos na Tribo’, e Mediterrâneo é o nono livro de poemas originais de João Luís Barreto Guimarães, baseado num conjunto de poemas escritos entre 2012 e 2015.

Comentários no Facebook