Odiana promove Workshop de Salinas Tradicionais

Odiana promove Workshop de Salinas Tradicionais

811
PARTILHE
cartaz_salinas_pt
Objectivo é a revitalização turística das actividades tradicionais do Baixo Guadiana

Estão abertas as pré-inscrições para o segundo workshop de Salinas Tradicionais, em Castro Marim, numa iniciativa da Associação Odiana que pretende dar a conhecer o saber tradicional usado durante séculos na extracção de sal, através de uma visita turística que oferece a possibilidade de recolher o sal/flor sal artesanalmente.

O workshop é aberto ao público em geral e no final da experiência os participantes podem experimentar o banho flutuante de sais minerais e aplicação de argila da salina, no spa salino.

Após o workshop piloto realizado no passado mês de Julho, a Odiana vai realizar a segunda edição do ‘Workshop de Salinas Tradicionais’ a 25 de Agosto, das 16 às 20 horas, na Salina da Barquinha em Castro Marim. As pré-inscrições decorrem até 21 de Agosto e o formulário está disponível em: https://goo.gl/forms/ltRCo9LfRB1PeSuQ2.

Actividade está integrada no projecto ‘Oficinas do Saber Tradicional’

A actividade decorre no seguimento do projecto da Odiana ‘Oficinas do Saber Tradicional’, em estreita colaboração com a Cooperativa Terras de Sal e com a empresa Água Mãe. O objectivo é a revitalização turística das actividades tradicionais do Baixo Guadiana, de forma dinâmica e interactiva, através de experiências únicas que atraiam mais turistas e envolvam a comunidade local na cultura do Baixo Guadiana.

- Pub -

O limite mínimo de participantes para a realização do workshop é de quatro pessoas e o máximo de oito pessoas. Reunidas estas condições, os participantes vão receber, por ordem de inscrição, um e-mail de confirmação com o NIB para pagamento prévio obrigatório de 30 euros.

Em nota de imprensa, a organização afirma que “se não existir se inscrever o número mínimo de participantes obrigatório, a Odiana reserva-se ao direito de alterar a data do workshop, sempre em articulação com os inscritos interessados”.

Experiências de turismo criativo são para continuar

A Odiana tem ainda em carteira outras experiências de turismo criativo que podem incluir oficinas dinâmicas com o pão caseiro, doçaria tradicional ou cestaria.

O projeto CREATOUR pretende pilotar uma agenda de investigação centrada no turismo criativo em pequenas cidades e áreas rurais. Tem uma duração de 36 meses, é coordenado pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e financiado pelo Programa de Actividades Conjuntas (PAC) do Portugal 2020.

Para mais informações consulte a página http://www.ces.uc.pt/creatour/.

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook