ACTA está em digressão com a ‘História do Cerco de Lisboa’

ACTA está em digressão com a ‘História do Cerco de Lisboa’

1034
PARTILHE
Historia do Cerco de Lisboa
Com encenação de Ignacio García e dramaturgia de José Gabriel Antuñano

A Companhia de Teatro do Algarve (ACTA) está em digressão com a ‘História do Cerco de Lisboa’, uma adaptação do romance homónimo de José Saramago, com encenação de Ignacio García, dramaturgia de José Gabriel Antuñano, e em co-produção com a Companhia de Teatro de Almada, a Companhia de Teatro de Braga e o Teatro dos Aloés.

Depois da estreia no Festival Internacional de Teatro de Almada, a ACTA marca presença nos Recreios da Amadora , Braga e Almada, com destino a Faro, onde vai estar em cena no Teatro Lethes de 7 a 12 de Novembro.

Ana Bustorff, Elsa Valentim, João Farraia, Jorge Silva, José Peixoto, Luís Vicente, Pedro Walter, Rui Madeira e Tânia Silva são os intérpretes desta peça com cenografia de José Manuel Castanheira, assistido por Pedro Silva e pelos estagiários Filipe Fernandes, Francisca Castro, Inês Carrillo, Maria Luís e Sofia Lacerda.

A música é de Ignacio García, os figurinos são da responsabilidade de Ana Paula Rocha, Guilherme Frazão é o responsável pela luz e Miguel Laureano o responsável pelo som.

Acto de rebeldia criativa marca o início da história

Comentários no Facebook