Alcoutim – Capital do Figo-da-Índia promove os recursos do concelho

Alcoutim – Capital do Figo-da-Índia promove os recursos do concelho

340
PARTILHE
- Pub -
figo da india
Autarquia aposta no figo-da-Índia

O concelho de Alcoutim volta a reforçar o destaque que confere Àqueles que são os recursos naturais endógenos e a criar condições para o fomento da economia de base local com base no Figo-da-Índia.

Há muito que a autarquia alcouteneja decidiu que o aproveitamento das riquezas naturais do concelho é uma das pedras angulares do desenvolvimento.

Assim, uma vez mais, o município dirigido por Osvaldo Gonçalves realiza várias iniciativas enquadradas no evento que assume a capitalidade deste fruto dotado de enorme versatilidade e de características tão especiais.

Da união se faz mais do que a força, o sucesso, e exactamente por isso a Câmara Municipal uniu-se à Junta de Freguesia de Martim Longo, em estreita colaboração com a CGFI – Confraria Gastronómica do Figo e da Figueira-da-Índia, a ADECMAR – Associação de Desenvolvimento Etnográfico Cultural de Martim Longo, a APROFIP – Associação de Produtores de Figo da Índia de Portugal e o CRCL – Centro Recreativo e Cultural do Laborato, e contando com o alto patrocínio do Restaurante São Gabriel, do Hilton Vilamoura As Cascatas Golf Resort & Spa, do Hotel Apartamento do Golfe, Fun River Animação Turística Lda e da LIMITE Zero, avançou para mais esta edição do evento.

Concurso “Aromas e Sabores com Figo-da-Índia” já tem vencedores

As actividades vão estender-se até Novembro, mas o 7º Concurso “Aromas e Sabores com Figo-da-Índia”, já realizado, ditou que na modalidade Bolos / Doces / Sobremesas o primeiro classificado fosse Maria Regina Rita com uma geleia de figo-da-Índia, seguindo-se no segundo e terceiro postos, respectivamente, a charlote de figo-da-Índia de Salomé Gonçalves e o pitacolé de figo-da-Índia e coco de Felicidade Melo.

Na área das bebidas, os prémios distinguiram por ordem de atribuição em primeiro lugar a limonada de figo-da-Índia, de Felicidade Melo, seguida do granizado de figo-da-Índia, de Salomé Gonçalves, e do batido de figo e framboesa, de Michaela Joaquim.

Na calha está ainda a realização do 2º Concurso Fotográfico WorldLand Opuntia Ficus-Indica, cujos concorrentes podem entregar as fotografias até dia 2 de Novembro, a exposição das fotos vencedoras decorrerá a 11 e 12 do mesmo mês, e as terceiras Jornadas Técnicas “Opuntia Ficus-Indica de Alcoutim”, a realizar em Martim Longo no dia 11 de Novembro, durante a Feira da Perdiz.

Momentos a não perder.

(Artigo publicado no Caderno de Alcoutim)