Faro: Candidatura do Amor propõe Humberto Correia

Faro: Candidatura do Amor propõe Humberto Correia

1379
PARTILHE
Humberto Correia net retrato baixo
Humberto Correia é o cabeça-de-lista da Candidatura do Amor e é a aposta do grupo de cidadãos eleitores para a presidência da Câmara

A única candidatura à Câmara de Faro que tem por base um grupo de cidadãos eleitores é a Candidatura do Amor e é Humberto Correia o rosto da aventura política que estes cidadãos assumiram nestas autárquicas.

O pintor de arte tem feito campanha um pouco por toda a cidade num contacto pessoal com os eleitores que acredita ser a chave do sucesso para o dia das eleições.

Entre as muitas propostas feitas para o concelho, algumas delas partilhadas nas respostas que deu às perguntas do POSTAL, Humberto Correia quer ver uma nau quinhentista na doca de Faro como elemento de atracção turística de Faro.

As respostas do candidato às perguntas do POSTAL
Humberto correia net cartaz ao baixo
O cartaz que mostra aos farenses o cabeça-de-lista da Candidatura do Amor

POSTAL (P): Quais as razões determinantes para que se candidate à Presidência da Câmara?
Humberto Correia (HC): Candidato-me para melhorar a vida das pessoas e dar o melhor atendimento as suas necessidades. Candidato-me para dar a Faro uma nova alma, um enquadramento moderno, ecológico e humano na perspectiva do seu crescimento e divulgação no país e no mundo, em especial na União Europeia.

- Pub -

A Campanha do Amor foi criada para valorizar as relações humanas neste concelho, as competências pessoais e sociais e reforçar a afectividade e a auto-estima dos residentes.

PA: Na sua opinião quais são os problemas fundamentais do concelho?
HC: A Campanha do Amor observou como fundamentais problemas do concelho de Faro os seguintes:
– baixa taxa de natalidade;
– falta de casas sociais conjugada com o elevado custo da habitação;
– apoio social insuficiente para as crianças e idosos;
– precariedade do emprego devido a sua sazonalidade, dada a predominância do sector terciário de actividade no concelho;
– falta de manutenção nas vias rodoviárias e bermas;
– inexistência de saneamento básico em algumas habitações sem ligação à rede de esgotos;
– abandono dos espaços verdes.

P: A sua candidatura é a melhor opção para dirigir os destinos da Câmara porquê?
HC: A candidatura da Campanha do Amor resultou de um contacto directo e permanente do cabeça-de-lista com a população do concelho que lhe transmitiu verbalmente, ao longo de meses, as suas dificuldades. As queixas apresentadas ao município pelas pessoas não têm sido resolvidas. A minha candidatura existe para dar eco aos cidadãos em tempo útil e com eficiência.

Nau Quinhentista
A candidatura propõe uma nau quinhentista como elemento de atracção para a cidade de Faro, mas há muito mais propostas

P: Quais as grandes propostas diferenciadoras da sua candidatura face às dos restantes candidatos?
HC: A construção de novas casas sociais pequenas com uma renda mensal de dois euros por metro quadrado e a recuperação de casas para este fim, gerida por empresas locais, bem como o aproveitamento de casas devolutas que pertençam à Câmara para esse efeito;

Colocar uma nau quinhentista na doca de Faro que atrairá à capital algarvia milhares de visitantes e divulgará o valor da nossa cidade;

Preocupam-nos as condições dos idosos, em particular dos que recebem baixas pensões e precisam de cuidados e apoio social. Um lar para os idosos nestas condições é uma das nossas propostas;

Florescer e arborizar a cidade, fazer do loendreiro com flores cor de rosa a árvore que representa Faro, o destino do amor, e associar a natureza à cidade;

A criatividade desenvolveu o homem e manifesta-se nas artes. Faro precisa de um laboratório de cultura que de dar a conhecer a população as obras dos seus artistas. Pretendo edificar um centro de arte, cultura e criatividade para expor e produzir.

P: As duas primeiras medidas estruturantes a avançar caso vença as eleições, quais serão?
HC: Aprovar medidas que favoreçam as pessoas que trabalham porque pretendo incentivar o trabalho e dar resposta aos problemas conjunturais manifestados pelos munícipes.

Ter especial cuidado com o embelezamento e florescimento da cidade e a limpeza e consolidar a estrutura existente a nível urbano e paisagístico.

Facebook Comments

Comentários no Facebook