Canil Municipal de Loulé recebe visita dos candidatos do PAN

Canil Municipal de Loulé recebe visita dos candidatos do PAN

1152
PARTILHE
canil
Propostas do PAN abrangem a defesa de condições de bem-estar para animais abandonados e animais explorados em espectáculos de entretenimento

Os candidatos do PAN visitaram as instalações do Canil Municipal de Loulé e exigem “mais respeito e melhores práticas pelo bem-estar dos animais recolhidos”. Rosa de Sousa, Ana Poeta e Domingos Pereira foram recebidos por Vítor Aleixo, presidente da Câmara de Loulé, Pedro Oliveira, vereador, Abílio Sousa, assessor do presidente, Paulo Pina, veterinário municipal e Eduardo Santos, chefe de secção do canil, que apresentaram as recentes instalações, o funcionamento e o tratamento dado aos animais acolhidos.

Para a primeira candidata na lista do PAN à Assembleia de Freguesia de S. Clemente, Ana Poeta, “nesta visita foi possível discutir algumas questões e até denúncias de más práticas que o PAN costuma receber em relação aos serviços médico-veterinários”. E Rosa de Sousa, candidata à Assembleia Municipal, acrescentou que “com esta visita, ficou ainda mais evidente a importância de dar mais transparência ao funcionamento do canil, como forma de conquistar a confiança da população para a exigida competência e procedimentos deste serviço”.

Neste sentido, o PAN justifica a necessidade de se “fazer o registo de modo electrónico de todos os animais, desde a sua entrada até à saída do canil, com a publicação da respectiva foto e informação de perfil na página online do mesmo”.

PAN reconhece esforço do actual executivo mas está descontente com as condições em que os gatos e cães se encontram

No final da visita, os candidatos reconheceram o esforço do actual executivo para melhorar as condições físicas do espaço do canil, passando de uma única sala para várias boxes, para albergar os animais recolhidos, e por terem colocado em prática uma política de castração e esterilização gratuita dos animais que sejam adoptados.

- Pub -

Mas Domingos Pereira não esconde o seu descontentamento com “as condições em que os gatos se encontram, todos juntos numa única sala sem nenhuma medida contraceptiva aplicada e com o cenário que os cães enfrentam, em grupos de sete a dez, em boxes demasiado pequenas para tantos animais que estão sob stress, medo e excitação, e frequentemente a perderem a vida em lutas que, nestas condições, acabam sempre por acontecer”.

Programa de candidatura do PAN apresenta várias propostas nesta área

O programa de candidatura do PAN para a Assembleia de Loulé contém várias propostas nesta área, que não só abrangem a defesa de condições de bem-estar para os animais abandonados, como também de animais explorados em espectáculos de entretenimento, como por exemplo:

  • recrutar um médico-veterinário adicional, com um perfil ético-humanitário para, e em conjunto com o restante gabinete veterinário, implementar um sistema de captura-esterilização-recolocação de colónias e animais errantes do concelho;
  • criar parques caninos no concelho, sobretudo nas freguesias mais urbanizadas, integrados nos espaços de lazer já existentes ou em zonas verdes;
  • criar a figura de Provedor/a Municipal dos Animais;
  • criar um santuário animal no concelho, que possa acolher animais abandonados ou resgatados de situações de maus tratos e/ou ainda provenientes de quintas ou fábricas de abate, de circos ou laboratórios, assegurando-lhes condições de liberdade e qualidade de vida dignas, podendo ainda ser criado neste espaço um cemitério para animais domésticos.

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook