Feira da Dieta Mediterrânica traz Vaivém Oceanário a Tavira

Feira da Dieta Mediterrânica traz Vaivém Oceanário a Tavira

436
PARTILHE
- Pub -

Ainda é possível visitar o Vaivém Oceanário em Tavira, até às 23 horas de hoje, 10 de Setembro. O projecto de educação ambiental em movimento foi convidado pela Câmara a integrar a V Feira da Dieta Mediterrânica e está estacionado junto à casa André Pilarte desde o dia 5 de Setembro para “levar a missão do Oceanário a todos”.

O projecto foi criado em 2005 pelo Oceanário de Lisboa e durante os doze anos em que anda na estrada já passou por mais de 192 municípios, ultrapassando os 240 mil participantes de todas as faixas etárias.

As várias sessões de cinema interactivas, dentro do vaivém, e as actividades no exterior atraem miúdos e graúdos para este “projecto gratuito e aberto a todas as comunidades”, de acordo com um dos responsáveis pelo projecto. Tomás Santos disse ao POSTAL que “a grande missão é passar a mensagem de que temos que conhecer para proteger e conservar o património natural de que dispomos”.

Projecto disponibiliza várias ferramentas educativas aos participantes
Vaivem Oceanario4
Actividades no exterior atraem visitantes de todas as idades

‘Portugal é Mar’ é um dos temas principais desenvolvidos pelo Vaivém Oceanário que dá a conhecer  a biodiversidade marinha que temos. Além disso, o projecto promove também algumas sugestões para alterar os comportamentos diários das pessoas, relativamente ao consumo de peixe e marisco. “Todos aqueles pratos que sempre nos habituámos e considerámos petiscos, como jaquinzinhos, petingas ou choquinhos, temos de ter atenção porque podem acabar. E vemos isso rapidamente, de uma forma muito simples, pelo preço a que chegam várias espécies de peixe e outros animais marinhos que consumimos, como é o caso da sardinha que precisa de ter um tamanho igual ou superior a 11 centímetros para se reproduzir”.

Todos os participantes do projecto têm direito a ferramentas educativas como a régua dos tamanhos mínimos legais, que indica o tamanho mínimo que várias das espécies que habitualmente consumimos no nosso território necessitam para se reproduzirem pelo menos uma vez. “Nós temos uma dieta maravilhosa em que conjugamos legumes, carne, peixe, frutos secos e outros alimentos, mas temos que escolher de uma forma consciente e acertada. É essa a mensagem que estamos a passar a todos os portugueses e a quem nos visita”.

Lisboa é o próximo destino do Vaivém Oceanário
Vaivem Oceanario2
Projecto anda pelo país durante todo o ano

A próxima paragem do Vaivém Oceanário é na Casa Pia de Lisboa, de 18 a 22 de Setembro, e no final do mês, vai estar até 4 de Outubro em Estarreja. “É um projecto que anda pelo país durante todo o ano e estamos abertos a convites”. Para mais informações pode consultar os sites www.oceanario.pt ou https://www.oceanario.pt/educacao/vaivem-oceanario/.

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)