Joaquina Matos propõe descida do preço da água em 10%

Joaquina Matos propõe descida do preço da água em 10%

1036
PARTILHE
lagos ps joaquina matos bx
Chama-se Maria Joaquina Matos e pede aos lacobrigenses novo voto de confiança. É a candidata socialista a Lagos

É a mulher que dirige actualmente a Câmara de Lagos e que sucedeu ao anterior autarca também do PS. Maria Joaquina Matos é a aposta socialista para renovar a vitória de 2013 no concelho.

Depois da recuperação financeira que a candidata reconhece ter sido parte fundamental do mandato actual, as propostas da mulher forte do PS em Lagos passam, entre outras, pela redução do preço da água em 10%.

No próximo domingo saberemos o que decidem os lacobrigenses nas urnas.

As respostas do candidato às perguntas do POSTAL

Quais as razões determinantes para que se candidate à Presidência da Câmara?
Maria Joaquina Matos (MJM): Neste mandato recuperámos financeiramente a autarquia. Isto foi conseguido com muito esforço do Município. Contudo, não deixámos apoiar as Áreas Sociais, no propósito de alcançar a coesão social e territorial do Município. Apostámos no Ordenamento do Território, na requalificação do Património Histórico-cultural e no Ambiente.

Mas a nossa visão e os projetos continuam. Assim, candidato-me como líder de uma equipa dedicada ao serviço público, capacitada e consciente que todos os dias surgem desafios aos quais teremos de responder, quer em áreas novas, quer no fundamental e imprescindível para a nossa população.

Na sua opinião quais são os problemas fundamentais do concelho?
MJM: Não obstante todo o esforço empreendido ao longo deste mandato, existem sempre alguns aspetos que carecem de permanentes melhorias e aperfeiçoamento, nomeadamente as áreas que mais impacto direto têm na vida dos nossos munícipes como o ambiente ou a ação e habitação social.

P: A sua candidatura é a melhor opção para dirigir os destinos da Câmara porquê?
MJM: Não respondeu.

Quais as grandes propostas diferenciadoras da sua candidatura face às dos restantes candidatos?
MJM: Como tenho vindo a afirmar, enquanto seres humanos todos somos dotados de semelhantes capacidades. O que nos diferencia é a nossa disponibilidade para projetos e ações nas mais variadas áreas. No meu caso em concreto, comprometo-me com uma liderança baseada na proximidade a todos os munícipes e nos valores de justiça, igualdade, transparência e rigor. 

As duas primeiras medidas estruturantes a avançar caso vença as eleições, quais serão?
MJM: Reduziremos em 10% as tarifas da água, saneamento e resíduos sólidos, estabeleceremos programas para a construção de fogos a custos controlados e procuraremos promover, no âmbito da ARU (Lagos), a aquisição ou arrendamento para habitação permanente.

Continuaremos a trabalhar para a requalificação do património, seja natural como a Ponta da Piedade, seja histórico como as muralhas, na valorização da identidade do nosso Município.

Facebook Comments

Comentários no Facebook