POSTAL dá voz aos candidatos às Câmaras da região

POSTAL dá voz aos candidatos às Câmaras da região

792
PARTILHE

logo autarquicas 2017 finalO POSTAL vai dar voz a todos os candidatos à presidência das Câmaras algarvias até às eleições de 1 de Outubro de 2017. Ao todo 76 candidaturas concorrem às Câmaras da região e a todos elas o POSTAL dirigiu as mesmas cinco questões destinadas a traçar um quadro geral das propostas políticas apresentadas em cada caso.

As respostas que nos foram dadas pelos cabeças-de-lista de cada candidatura vão ser publicadas concelho a concelho no POSTAL e poderão ser lidas AQUI ou simplesmente carregando no ícone do Dossier Autárquicas 2017 existente no topo direito da homepage do POSTAL.

Quantas candidaturas a Câmaras há em cada concelho
As 76 candidaturas às Câmaras tentam eleger de entre os nomes que as constituem os 104 lugares disponíveis nos executivos das Câmaras

O número de candidaturas às Câmaras algarvias varia concelho a concelho com um mínimo de três e um máximo de sete candidatos de acordo com os dados constantes no site da Comissão nacional de Eleições (CNE).

Por ordem alfabética o número de candidaturas aos executivos camarários de cada concelho algarvio é de:

- Pub -

Albufeira – 7
Alcoutim – 3
Aljezur – 3
Castro Marim – 4
Faro – 6
Lagoa – 5
Lagos – 6
Loulé – 4
Monchique – 5
Olhão – 5
Portimão – 5
São Brás de Alportel – 3
Silves – 5
Tavira – 6
Vila do Bispo – 5
Vila Real Santo António – 4
Total de candidaturas às Câmaras : 76

camara-albufeira
O concelho de Albufeira é o que mais candidaturas tem para a Câmara Municipal, sete listas apresentam-se a votos

Ao ouvir os 76 cabeças-de-lista candidatos à presidência das Câmaras da região o POSTAL opta pelo cumprimento estrito do tratamento igual devido a cada candidatura durante o período de campanha eleitoral consagrado na lei.

Assim o critério editorial observa os princípios de “equilíbrio, representatividade e equidade face às diversas candidaturas, tendo em conta a sua relevância editorial e de acordo com as possibilidades efectivas de cobertura de cada órgão de comunicação social”, nos termos da legislação.

Ainda de acordo com a CNE as 76 candidaturas às Câmaras compreendem 30 coligações partidárias, sete candidaturas de grupos de cidadãos eleitores (GCE) e 39 candidaturas de partidos isolados.

Há muito mais a decidir nas autárquicas de Outubro
Acção de formação decorre no Edifício da Assembleia Municipal de Loulé a 18 e 19 de Março
A Assembleia Municipal de Loulé é a que tem mais deputados eleitos, 95, a que se somam por inerência de funções todos os presidente de Junta de Freguesia do concelho

A 1 de Outubro decide-se muito mais do que os executivos que vão compor as Câmaras – o presidente, que será o cabeça-de-lista da candidatura mais votada, e os vereadores – e, no que respeita aos Municípios, a eleição pede aos algarvios que escolham também a composição das Assembleias Municipais, o órgão máximo das autarquias.

Recorde-se que apenas uma parte dos deputados à Assembleia Municipal é eleita, uma vez que os presidentes das Juntas de Freguesia têm assento na Assembleia Municipal por inerência de funções e não são sujeitos a eleição directa para este órgão.

O presidente da Assembleia Municipal e os dois secretários que com ele compõem a Mesa da Assembleia Municipal são eleitos de entre os membros eleitos da mesma e por voto secreto destes.

Para as Assembleias Municipais 30 candidaturas de coligações, cinco de GCE e 40 de partidos isolados perfazem um total de 95 candidaturas no Algarve.

O que é que se decide a 1 de Outubro quanto às freguesias
junta s bras
Os eleitores escolhem nestas eleições as várias Assembleias de Freguesia de cada concelho. O único concelho que apenas elege uma Assembleia de Freguesia é São Brás de Alportel

Relativamente às freguesias do Algarve, neste momento 67, a eleição pede aos eleitores algarvios que decidam como desejam que seja composta a Assembleia de Freguesia.

A escolha do presidente da Junta de Freguesia é feita de forma indirecta, sendo aquele o candidato que seja o cabeça-de-lista da candidatura mais votada. Já os vogais da Junta de Freguesia são eleitos pela Assembleia de Freguesia de entre os seus membros sob proposta do presidente da Junta de Freguesia eleito.

Nestas eleições e no caso do Algarve existem 262 candidaturas às Assembleias de Freguesia apresentadas por 114 coligações partidárias, 17 GCE e 131 partidos políticos isolados.

Quantos mandatos se decidem nestas eleições na região

O número de mandatos para cada órgão autárquico a eleger varia de acordo com o número de eleitores recenseados em cada freguesia e concelho.

No total da região estão disponíveis para serem ocupados pelos candidatos 1.099 mandatos correspondentes a 683 lugares nas Assembleias de Freguesia, 312 nas Assembleias Municipais e a 104 nas Câmaras.

Concelho a concelho, por ordem alfabética, e respectivamente para a Câmara Municipal (CM), Assembleia Municipal (AM) e Assembleia de Freguesia, o número de mandatos no Algarve é de:

Albufeira: (CM) 7; (AM) 21; (AF): Albufeira e Olhos de Água 19; Ferreiras 13; Guia 9; Paderne 9 – Total de mandatos: 78

Alcoutim: (CM) 5; (AM) 15; (AF): Giões 7; Martim Longo 7; União das freguesias de Alcoutim e Pereiro 7; Vaqueiros 7 – Total de mandatos: 48

Aljezur: (CM) 5; (AM) 15; (AF): Aljezur 9; Bordeira 7; Odeceixe 7; Rogil 7 – Total de mandatos: 50

Castro Marim: (CM) 5; (AM) 15; (AF): Altura 9; Azinhal 7; Castro Marim 9; Odeleite 7 – Total de mandatos: 52

Faro: (CM) 9; (AM) 27; (AF): Montenegro 13; Santa Bárbara de Nexe 9; União das freguesias de Conceição e Estoi 13; União das freguesias de Faro (Sé e São Pedro) 19 – Total de mandatos: 88

Lagoa: (CM) 7; (AM) 21; (AF): Ferragudo 9; Porches 9; União das freguesias de Estômbar e Parchal 13; União das freguesias de Lagoa e Carvoeiro 13 – Total de mandatos: 72

Lagos: (CM) 7; (AM) 21; (AF): Luz 9; Odiáxere 9; União das freguesias de Bensafrim e Barão de São João 9; União das freguesias de Lagos (São Sebastião e Santa Maria) 13 – Total de mandatos: 68

Loulé: (CM) 9; (AM) 27; (AF): Almancil 13; Alte 9; Ameixial 7; Boliqueime 9; Loulé (São Clemente) 13; Loulé (São Sebastião) 13; Quarteira 13; Salir 9; União de freguesias de Querença, Tôr e Benafim 9 – Total de mandatos: 131

Monchique: (CM) 5; (AM) 15; (AF): Alferce 7; Marmelete 7; Monchique 9 – Total de mandatos: 43

Olhão: (CM) 7; (AM) 21; (AF): Olhão 13; Pechão 9; Quelfes 13; União das freguesias de Moncarapacho e Fuseta 13 – Total de mandatos: 76

Portimão: (CM) 7; (AM) 21; (AF): Alvor 13; Mexilhoeira Grande 9; Portimão 21 – Total de mandatos: 71

São Brás de Alportel: (CM) 5; (AM) 15; (AF): São Brás de Alportel 13 – Total de mandatos: 33

Silves: (CM) 7; (AM) 21; (AF): Armação de Pêra 9; São Bartolomeu de Messines 13; São Marcos da Serra 9; Silves 13; União das freguesias de Alcantarilha e Pêra 9; União das freguesias de Algoz e Tunes 9 – Total de mandatos: 90

Tavira: (CM) 7; (AM) 21; (AF): Cachopo 7; Santa Catarina da Fonte do Bispo 9; Santa Luzia 9; União das freguesias de Conceição e Cabanas de Tavira 9; União das freguesias de Luz de Tavira e Santo Estêvão 9; União das freguesias de Tavira (Santa Maria e Santiago) 13 – Total de mandatos: 84

Vila do Bispo: (CM) 5; (AM) 15; (AF): Barão de São Miguel 7; Budens 9; Sagres 9; Vila do Bispo e Raposeira 9 – Total de mandatos: 54

Vila Real Santo António: (CM) 7; (AM) 21; (AF): Monte Gordo 9; Vila Nova de Cacela 9; Vila Real de Santo António 13 – Total de mandatos: 59

A decisão cabe aos eleitores, que na região somam 379.930 de acordo com os dados da Comissão Nacional de Eleições e que podem votar no próximo dia 1 de Outubro decidindo o rumo do poder autárquico no Algarve.

Até lá o POSTAL publicará concelho a concelho as respostas dadas pelos candidatos às perguntas colocadas, começando desde logo com as duas principais cidades da região a sotavento e barlavento, Faro e Portimão.

Toda a informação sobre a cobertura das autárquicas a realizar pelo POSTAL pode ser consultada AQUI.

Facebook Comments

Comentários no Facebook