PSD Olhão retira confiança política a Eduardo Cruz e Domitília Matias

PSD Olhão retira confiança política a Eduardo Cruz e Domitília Matias

502
PARTILHE
- Pub -
camara-de-olhao
Vereadores não podem associar os seus nomes ao partido

A Comissão Política de Secção de Olhão do PSD deliberou, por unanimidade, durante a reunião que aconteceu no passado dia 31 de Agosto, retirar a confiança política aos vereadores Eduardo Cruz e Domitília Matias eleitos nas listas do PSD em Outubro de 2013.

A decisão surge na sequência de se ter tornado público que o vereador Eduardo Cruz, do PSD, aceitou o convite de António Pina para ser o mandatário da candidatura do PS Olhão nas eleições autárquicas de 2017, assim como Domitília Matias que integra uma das listas do PS concorrente às listas apoiadas pelo Partido Social Democrata.

“Actual presidente de Olhão passou a deter a maioria absoluta na Câmara”, recorda Daniel Santana

Em declarações à imprensa, Daniel Santana, presidente da estrutura local do PSD, relembrou que “a partir deste momento os vereadores não poderão invocar possuir a confiança do PSD no exercício das suas funções, nem associar os seus nomes ao partido”.

Daniel Santana recordou ainda que, “com esta acção por parte dos vereadores, o actual presidente do município passou efectivamente a deter uma maioria absoluta na Câmara de Olhão, algo que não foi legitimado pelos olhanenses quando os elegeram”.

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)