Sistema de avaliação funcional permite detectar qualquer patologia no início do problema

Sistema de avaliação funcional permite detectar qualquer patologia no início do problema

1656
PARTILHE
Rui Coelho
O naturopata Rui Coelho dá consultas na Semear Saúde

É na Associação Semear Saúde, em Tavira, que qualquer pessoa, incluindo crianças a partir dos seis anos de idade, podem fazer um check-up indolor e não invasivo que permite efectuar o despiste de doenças em tempo real.

Rui Coelho, naturopata com cédula profissional do Ministério da Saúde, é o responsável pelo “aparelho quântico funcional que faz uma medição técnica via mãos, pés e testa, que indica se a pessoa está bem ou menos bem”.

Após vários anos dedicado à medicina convencional, optou pela medicina natural que “existe desde o princípio da humanidade e é válida e eficaz em vários grupos de doenças”. Mesmo com a cada vez maior afirmação das terapias alternativas na sociedade, Rui Coelho considera que “ainda há muitos preconceitos em relação a este complemento terapêutico”. Relativamente à Associação Semear Saúde, onde colabora desde o início, Rui Coelho acredita que está a ser desenvolvido um bom trabalho, mas considera que “há condições para dar ainda mais apoio às pessoas”.

Check-up despista situações que não são visíveis em exames convencionais

“O exame detecta qualquer patologia no início do problema e acusa determinadas situações que não são detectadas nos exames convencionais” afirma Rui Coelho. Embora não diga especificamente qual a doença do paciente, indica que há probabilidade de acontecer um problema na área que está menos bem, com sobrecarga ou diminuição energética. “A partir daí, com a anamnese que se faz ao paciente, chegamos à conclusão que realmente a pessoa está menos bem nas áreas que o aparelho sinaliza”, esclarece.

- Pub -

Após detectados os problemas, o próximo passo é mudar a alimentação das pessoas, “não sou muito severo, mas tento mudar certos alimentos para que os consumam menos e de forma faseada. Começo pela lactose, durante 15 dias, se não resultar passo para o glúten, por mais 15 dias, e assim conseguimos ver se a pessoa tem ou não intolerância”. Se a pessoa for intolerante ou até mesmo alérgica, as melhoras são bastante significativas, “no caso da enxaqueca, por exemplo, embora esta não desapareça totalmente, a dor será sentida com menos frequência”.

No que respeita aos doentes oncológicos, são vários os aspectos em que este tipo de terapia alternativa pode ser útil, “saber ouvir as pessoas já é uma ajuda, fazer alterações alimentares é outra ajuda, e depois o complemento com antioxidantes para ajudar a aumentar a imunidade”. Rui Coelho aconselha que as pessoas comecem com este processo antes de fazer a quimioterapia ou a radioterapia para estarem mais preparados e os efeitos dos tratamentos não sejam tão agressivos. Apesar de muitos casos de sucesso já conhecidos, o naturopata é convicto em afirmar que “isto não substituiu nenhum exame convencional, dá-nos sim indicações para que depois a pessoa siga o seu caminho e consiga chegar a uma situação normal junto do médico de família. Nós não estamos aqui para substituir os médicos, estamos aqui para ajudar e não para complicar”.

Rui Coelho trata vários tipos de patologias na Associação Semear Saúde

A nível estrutural, Rui Coelho trata de todo o tipo de dor, desde problemas lombares, a problemas articulares, lombalgias, fibromialgias, centalgias, torcicolos, tendinites, e outros tipos de problemas. “A osteopatia dá normalmente boas indicações e bons resultados nestes casos”, afirma.

A homeopatia abrange casos como as neoplasias ou diversos tipos de quistos, e a naturopatia incluí também os produtos fitoterápicos que, “consoante a queixa do paciente, permitem equilibrar o seu estado. Como funciona como suplemento, o químico que a pessoa está a tomar não é retirado e apenas é complementado com alguns produtos que podem ser vitaminas ou outro tipo de produtos que ajudem a pessoa a reestabelecer o equilíbrio e a saúde”, esclarece o naturapata.

O exame não tem qualquer contra-indicação e para fazer uma marcação basta dirigir-se à Associação Semear Saúde, na Rua Dr. Silvestre Falcão nº13 C, em Tavira; ligar para os números 281 320 902 / 281 320 907; ou enviar um e-mail para associacaosemarsaude@gmail.com.

(Artigo publicado na edição online do Caderno Semear Saúde)

Facebook Comments

Comentários no Facebook