Tavira acolhe seminário ‘Saber Popular em Torno da Mobilidade’

Tavira acolhe seminário ‘Saber Popular em Torno da Mobilidade’

1293
PARTILHE
Seminário começa com uma recepção no Salão Nobre da Câmara de Tavira

O Hotel Vila Galé, em Tavira, vai acolher o seminário cultural ‘Saber Popular em Torno da Mobilidade’, de 22 a 24 de Setembro, numa iniciativa que Jorge Botelho, presidente da Câmara de Tavira, considera “de grande significado para a sociedade nacional e internacional”.

O projecto está integrado no programa de actividades elaborado pela Comissão de Migrações (CMig) da Sociedade de Geografia de Lisboa (SGL), e é organizado em parceria com a Associação Internacional de Paremiologia / International Association of Paremiology (AIP-IAP) e o Clube UNESCO de Paremiology-Tavira (CUP-T).

Para Rui Soares, da AIP-IAP/CUP-T, “mobilidade é um conceito multifacetado cuja dimensão e diversidade abriga todo o conjunto de deslocações físicas e movimentos sociais, característicos da multiculturalidade dos dias de hoje, que constitui o princípio inspirador deste seminário. A movimentação não comporta só aspectos tradicionais que envolvem a deslocação por via terrestre e marítima, de que o fenómeno migratório constitui exemplo de excelência, como também tem ganho novas abrangências de sentido, permitindo uma análise mais alargada. O saber popular reconhece, por forma directa ou indirecta, a existência desta realidade e encontra formas capazes de o traduzir”.

Conheça os oradores que integram o evento

O seminário ‘Saber Popular em Torno da Mobilidade’ começa a 22 de Setembro, pelas 16 horas, com uma recepção dos participantes pelo presidente da autarquia, no Salão Nobre da Câmara de Tavira.

No sábado, 23 de Setembro, são vários os oradores que vão passar pelo Hotel Vila Galé:

  • 10 horas – ‘As Comunidades Portuguesas e a Mobilidade Como Ato Transformador’ | Paulo Pisco
  • 10.30 horas – ‘Mapas Culturais e uma Nova Geografia num Destino Turístico Global’ | Alexandra Gonçalves, directora Regional de Cultura no Algarve
  • 11 horas – ‘Algarve: os Desafios da (I)Mobilidade’ | Cristiano Cabrita
  • 11.30 horas – ‘Defesa, Segurança e Turismo’ | José Miguel Carvalho Cerqueira
  • 12 horas – Debate
  • 14 horas – ‘Algarve Film Commission (AFC)’ | Jacques Mer e Eduardo Pinto
  • 15 horas – ‘A OTAN e o Mediterrâneo’ | Raúl Ferreira da Cunha
  • 15.30 horas – ‘Geopolitica do Mar do Algarve, no Cruzamento da Bacia Mediterrânica com o Golfo de Cádiz e o Oceano Atlântico’ | José Castro Centeno
  • 16 horas – ‘Portugal e o Mar: Crenças, Práticas, Devoções’ | Maria Beatriz Rocha-Trindade
  • 16.30 horas – ‘Mobilidade Proverbial’ | Rui Soares
  • 17 horas – Debate
  • 17.30 horas – Encerramento | Maria Beatriz Rocha-Trindade e Rui Soares

No domingo, 24 de Setembro, é Daniel Santana que encerra o evento, das 10.30 às 11.30 horas, com o tema ‘Tavira, um Exemplo de Relevância Cultural’

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook