Vamos prevenir a demência!?

Vamos prevenir a demência!?

1129
PARTILHE
Cláudia Brito Presidente da Associação Semear Saúde associacaosemearsaude@gmail.com
Cláudia Brito
Presidente da Associação
Semear Saúde
associacaosemearsaude@gmail.com

Enquanto presidente da Associação Semear Saúde, sinto um grande orgulho pela parceria que estabelecemos com a Associação Alzheimer Portugal e pela realização do Passeio da Memória em Tavira, no dia 17 de Setembro em Tavira.

Quero agradecer à Alzheimer Portugal, a todos patrocinadores, a todos os parceiros, mas especialmente a todos os participantes, que se juntaram a esta iniciativa que pretende despertar a atenção da população portuguesa para a problemática das demências que afectam mais de 180 mil pessoas no nosso país.

Apesar de não existir uma maneira de prevenir a demência, há certos comportamentos/ medidas que podemos adoptar para vermos reduzido o risco de desenvolver demências e melhorar a nossa função cognitiva ou abrandar o declínio cognitivo que surge naturalmente com o avançar da idade.

Para ajudá-lo (la), saiba o que pode mudar no seu dia-a-dia para reduzir o risco de desenvolver demências:

- Pub -

Faça actividades que estimulem o seu cérebro. A leitura, as palavras cruzadas, o uso de tecnologia são alguns exemplos de atividades que podem contribuir para o ‘desenvolvimento’ do nosso cérebro.

SemearSaúde
Demências afectam mais de 180 mil pessoas no nosso país

Sociabilize. Encontrar-se com amigos, sair para conversar sobre assuntos interessantes proporcionam o bem-estar mental.

Faça uma dieta saudável. A nutrição pode assumir um papel importante na prevenção e progressão da Doença de Alzheimer. O PNPAS publicou um manual sobre ‘Nutrição e Doença de Alzheimer’ em 2015, em parceria com o Centro Virtual sobre o Envelhecimento. Consulte-o para saber mais.

Saiba administrar as suas emoções, o seu cérebro agradece. Ele terá mais energia armazenada para usá-la no que é realmente importante e evitará que os níveis de stress e ansiedade se instalem.

Faça actividades físicas com regularidade, caminhar, dançar, praticar desportos propiciam o regular funcionamento de todas as funções metabólicas corporais e contribuem para uma maior manutenção de todas as nossas funções cerebrais.

Estes e outros comportamentos/medidas que podemos aos poucos trazer para as nossas vidas podem ajudar-nos a diminuir o risco de demência e de muitas outras doenças. Pense nisso caro leitor. Como diz o velho ditado ‘Mais vale prevenir do que remediar’.

Previna-se!

Abraço carinhoso

(Artigo publicado na edição online do Caderno Semear Saúde)

Facebook Comments

Comentários no Facebook