Estão abertas as candidaturas para o MAR2020

Estão abertas as candidaturas para o MAR2020

1009
PARTILHE
mar2020
Fundos são provenientes do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas e do Orçamento de Estado

Estão abertas as candidaturas a fundos do MAR2020, que disponibiliza um total de apoio público de 3 milhões 306 mil e 42 euros, provenientes do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas e do Orçamento de Estado.

Em nota de imprensa, o Grupo de Acção Local Pesca do Sotavento do Algarve informa que “este aviso disponibiliza apoio não reembolsável, com uma taxa de co-financiamento público de 50% a 100%, mediante a tipologia de beneficiário e a natureza do projecto”.

Até 5 de Janeiro de 2018, são elegíveis projectos nas seguintes áreas:

  • inovação em espaço marítimo;
  • qualificação escolar e profissional relacionada com o meio aquático;
  • promoção de Planos de Mar;
  • preservação, conservação e valorização dos elementos patrimoniais e dos recursos naturais e paisagísticos;
  • reforço da competitividade da pesca;
  • reforço da competitividade do turismo;
  • promoção de produtos locais de qualidade;
  • melhoria dos circuitos curtos de bens alimentares e mercados locais, no âmbito do mar.
Interessados devem preencher formulário disponível no site do GAL ou do MAR2020

As candidaturas devem ser apresentadas em suporte papel e em triplicado, com recurso ao formulário disponibilizado no site do GAL Pesca Sotavento Algarve (www.galsotavento.com) ou do Programa MAR2020 (www.mar2020.pt). Os interessados podem obter esclarecimentos adicionais junto do GAL Pesca Sotavento Algarve, através do endereço de correio electrónico geral@galsotavento.com ou pelo telefone 289 700 171.

- Pub -

O Mar2020 pretende implementar em Portugal as medidas de apoio enquadradas no Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas, sendo as suas prioridades estratégicas: promover a competitividade com base na inovação e no conhecimento; assegurar a sustentabilidade económica, social e ambiental do sector da pesca e da aquicultura; contribuir para o bom estado ambiental do meio marinho; promover a Política Marítima Integrada; contribuir para o desenvolvimento das zonas costeiras; aumentar o emprego e a coesão territorial e aumentar a capacidade e qualificação dos profissionais do sector.

GAL Pesca Sotavento Algarve pretende intervir nas zonas costeiras e ribeirinhas dos concelhos do Sotavento do Algarve

O GAL Pesca Sotavento Algarve é uma parceria constituída por entidades públicas e privadas do sotavento algarvio, que tem o município de Olhão como parceiro gestor, com a finalidade de implementar a Estratégia de Desenvolvimento Local de Base Comunitária Costeira na região do Sotavento do Algarve.

O território de intervenção desta entidade engloba as zonas costeiras e ribeirinhas dos concelhos do Sotavento do Algarve e tem como objectivos estratégicos: promover e valorizar a competitividade das actividades do cluster Mar do Sotavento; promover a empregabilidade da população do território de intervenção; promover a sustentabilidade e valorização do património natural e cultural da Ria Formosa e do estuário do Guadiana; e dinamizar a cooperação e animação do território.

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook