Jorge Botelho quer estrutura portuária para barcos de pesca e projectos de...

Jorge Botelho quer estrutura portuária para barcos de pesca e projectos de náutica de recreio em Tavira, Cabanas e Santa Luzia

1050
PARTILHE
Jorge Botelho
Jorge Botelho quer cumprir o programa

Os órgãos municipais de Tavira tomaram posse para o próximo mandato no Cineteatro António Pinheiro, numa cerimónia onde Jorge Botelho, presidente da Câmara de Tavira prometeu cumprir o programa, “porque é o único caminho para que a política autárquica seja credibilizada e respeitada e as populações tenham motivos adicionais para se juntarem a processos de participação cívica no concelho”.

Para o presidente da Câmara, “os resultados das eleições permitem-nos com clareza afirmar que os tavirenses pretendem a continuidade do trabalho que tem vindo a ser concretizado em Tavira nos últimos oito anos e que esse trabalho deve ser feito com todos e para todos”.

Nos próximos quatro anos, as propostas centram-se em manter as finanças municipais em dia e os pagamentos a fornecedores a tempo e horas, diminuição e sustentabilidade dos passivos financeiros, concretização de obras públicas, aposta na educação e apoios sociais, promoção turística, visibilidade externa e atractividade para o investimento nos vários sectores de actividade económica.

Jorge Botelho promete um investimento significativo na rede viária do concelho

Propostas que Jorge Botelho considera ambiciosas e entre as quais se destaca a promessa de um investimento significativo na rede viária. “As questões da mobilidade e estacionamento gratuito em Tavira e nas freguesias terão uma dedicação especial, no sentido de se encontrarem novas soluções ou concretizar soluções a aguardar oportunidade. Um investimento que visa dar condições de acesso e mobilidade às pessoas e proporcionar condições de investimento, na cidade, barrocal e serra, fomentando o aparecimento de propostas de negócio, que crie empregos e respostas às necessidades dos investidores, tanto dos sectores mais tradicionais como dos sectores turísticos associados ao ambiente e à qualidade de vida”.

- Pub -

“Para além de avançar um plano de mobilidade na cidade, a nova ponte sobre o Rio Gilão verá a luz do dia, promovendo o desenvolvimento harmonioso das duas margens do Rio em termos de dinâmica comercial e habitacional. E estamos já a trabalhar para que projectos de náutica de recreio sejam uma realidade em Tavira, Cabanas e Santa Luzia, para a concretização de estrutura portuária para os barcos de pesca em Tavira e para que os cais de embarque de acesso às ilhas sejam requalificados e acessíveis”, refere Jorge Botelho.

“Tavira afirma-se como o centro do sotavento do Algarve”, diz Jorge Botelho

“Tavira está reconhecidamente melhor. Está mais reabilitada, tem mais empregos e actividade económica, tem mais visibilidade como destino e projectos de investimento, tem mais turismo e dinâmica empresarial”, considera o presidente da Câmara. Para Jorge Botelho, “Tavira afirma-se como centro do sotavento do Algarve” e está justificadamente associada ao turismo de qualidade, “onde a preservação do património histórico e arquitectónico é uma realidade visível em cada recanto dos centros urbanos, onde a promoção e divulgação da cultura são uma constante, onde o ambiente, as praias, o lazer e a gastronomia são de excelência”.

É nesta linha que o presidente se quer manter e melhorar “porque somos ambiciosos e porque queremos o melhor e mais oportunidades para Tavira e para os tavirenses”. Jorge Botelho venceu as autárquicas com 58,35% e 6.973 votos, numas eleições em que o concelho registou 46,75% de abstenção. O PS venceu também a Assembleia Municipal, com 54,61% dos votos, e todas as Assembleias de Freguesia do concelho: Cachopo, Conceição e Cabanas de Tavira, Luz de Tavira e Santo Estêvão, Santa Catarina da Fonte do Bispo, Santa Luzia e Tavira (Santa Maria e Santiago).

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook