‘Nós nos nós’ estreia ‘sem rede’ em Vila do Bispo

‘Nós nos nós’ estreia ‘sem rede’ em Vila do Bispo

569
PARTILHE
ermida
Uma performance multidisciplinar baseada na pesquisa e experimentação como método de trabalho

‘Nós nos nós’ é um projecto multicultural que se estreia na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, em Raposeira, Vila do Bispo, no próximo dia 15 de Outubro, pelas 17 horas.

É uma performance multidisciplinar, baseada na pesquisa e experimentação como método de trabalho, que se reflecte na forma de apresentação ‘sem rede’. Utiliza movimento, música e voz e tem como ponto de partida a poesia de autores portugueses, austríacos, peruanos e japoneses (haikus).

‘Nós nos nós’ é um projecto da Corpo de Hoje – Associação Cultural

‘Nós nos Nós’ é um projecto da Corpo de Hoje – Associação Cultural, com Ana Borges, André Rocha, Yuko Kominami e Tomas Tello, que contempla a poesia como acto de elevação espiritual e humana, que traz a reflexão, a existência como prioridade a contrapor o desenraizamento existente e a palavra como materialização de ideias, pensamentos, sentimentos, emoções e reflexões; um questionamento saudável que sustenta o crescimento e a consciência do individual no todo.

“Uma ermida que existe desde o século XV, um instrumento seu contemporâneo, o violoncelo, e em contraposição, sonoridades sem instrumento específico, usando diferentes aparelhos electrónicos representantes da sociedade actual, da tecnologia, radiações telefónicas e radiofónicas, gravações de sons da natureza característica da região do Algarve, nomeadamente a ria, o mar, os barcos, os animais. E por outro lado, a Natureza que se mantém alheia a estes factores globalizantes e que se mantém fiel ao que sempre foi”, sublinha a Direcção Regional de Cultura do Algarve (DRC Algarve).

“Desfazer os nós que há em nós”

Comentários no Facebook