RIAS trata raposa que estava na Praia de Cabanas

RIAS trata raposa que estava na Praia de Cabanas

1030
PARTILHE
foto de Ana Fernandes
Animal apresenta um quadro debilitante que inclui caquexia, sarna, moderada carga parasitária, conjuntivite e diarreia (foto de Ana Fernandes)

O Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens – RIAS, recebeu no passado sábado, 28 de Outubro, a raposa que há cerca de dois meses vagueava pela Praia de Cabanas de Tavira.

“Este animal apresenta um quadro debilitante que inclui caquexia, sarna, moderada carga parasitária, conjuntivite e diarreia. O animal encontra-se activo, a comer e, neste momento, o prognóstico é favorável”, explica o RIAS em comunicado de imprensa.

De salientar que a recuperação desta raposa é de total responsabilidade do RIAS.

Recorde-se que o RIAS é um projecto da Associação ALDEIA, uma Organização Não-Governamental de Ambiente, e vive em grande parte do apoio de voluntários, de donativos e da boa vontade de todas as pessoas que nos ajudam.

Quem quiser ajudar no processo de recuperação desta raposa, ou de outros animais pode contribuir apadrinhando-os ou fazendo um donativo através do IBAN: PT50 003505550004877083028.

Mais informações através do email rias.aldeia@gmail.com ou do telemóvel 927 659 313.