RIAS trata raposa que estava na Praia de Cabanas

RIAS trata raposa que estava na Praia de Cabanas

659
PARTILHE
- Pub -
foto de Ana Fernandes
Animal apresenta um quadro debilitante que inclui caquexia, sarna, moderada carga parasitária, conjuntivite e diarreia (foto de Ana Fernandes)

O Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens – RIAS, recebeu no passado sábado, 28 de Outubro, a raposa que há cerca de dois meses vagueava pela Praia de Cabanas de Tavira.

“Este animal apresenta um quadro debilitante que inclui caquexia, sarna, moderada carga parasitária, conjuntivite e diarreia. O animal encontra-se activo, a comer e, neste momento, o prognóstico é favorável”, explica o RIAS em comunicado de imprensa.

De salientar que a recuperação desta raposa é de total responsabilidade do RIAS.

Recorde-se que o RIAS é um projecto da Associação ALDEIA, uma Organização Não-Governamental de Ambiente, e vive em grande parte do apoio de voluntários, de donativos e da boa vontade de todas as pessoas que nos ajudam.

Quem quiser ajudar no processo de recuperação desta raposa, ou de outros animais pode contribuir apadrinhando-os ou fazendo um donativo através do IBAN: PT50 003505550004877083028.

Mais informações através do email rias.aldeia@gmail.com ou do telemóvel 927 659 313.