São Brás cria duas novas zonas de intervenção florestal

São Brás cria duas novas zonas de intervenção florestal

779
PARTILHE
zonas de intervencao florestal
Proprietários dos terrenos integrados na área podem beneficiar de apoios para a limpeza e valorização das suas propriedades

São Brás de Alportel vai criar duas novas Zonas de Intervenção Florestal (ZIF) na Serra do Caldeirão, no âmbito do Plano Nacional que está em curso. O aviso de abertura das candidaturas para a constituição de novas áreas de intervenção foi publicado esta segunda-feira, 2 de Outubro.

Conforme explica a autarquia são-brasense, “a constituição da Zona de Intervenção Florestal necessita urgentemente de um núcleo fundador, com uma base de 180 hectares, pelo que neste momento é essencial a adesão do maior número de proprietários até à quinta-feira, 12 de Outubro”.

A Associação de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão, com sede em Barranco do Velho, parceira do Município de São Brás de Alportel, na gestão do território e defesa da floresta, encontra-se a preparar uma candidatura para a constituição de duas novas Zonas de Intervenção Florestal (ZIF) no concelho: ZIF II – Arimbo (que compreende a área mais a sul da zona serrana do concelho, integrando os sítios de Arimbo, Pêro de Amigos e Cova da Muda até Javali) e ZIF III – Cabeça do Velho (que compreende uma vasta área a norte do concelho, com um perímetro que integra Cabeça do Velho e Parises).

A criação destas duas novas Zonas de Intervenção de Florestal virá reforçar o trabalho de protecção da floresta contra incêndios, complementando o que tem vindo a ser desenvolvido, na única zona existente até ao momento, a ZIF I (que integra Javali, Menta, Corgas Bravas, Boiça, entre outros sítios).

Comentários no Facebook