Águas do Algarve e Fagar distinguidas com Selo de Qualidade

Águas do Algarve e Fagar distinguidas com Selo de Qualidade

152
PARTILHE
- Pub -
Selo de Exelencia Fagar
Fagar obteve 100% de cumprimento dos valores recolhidos mediante análises efectuadas à qualidade da água

A Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) atribuiu Selos de Qualidade Exemplar da Água para Consumo Humano à Águas do Algarve e à empresa municipal Fagar, EM, numa cerimónia realizada em Lisboa, no passado dia 8 de Novembro.

selo de excelencia Aguas do Algarve
Águas do Algarve também recebeu o selo de excelência atribuido pela ERSAR

O prémio distingue as entidades que durante o ano de 2016 cumpriram exemplarmente os requisitos legalmente exigidos para o controlo de qualidade da água e o município de Faro é distinguido pela qualidade de excelência da sua água, tendo a Fagar, EM, obtido 100% de cumprimento dos valores recolhidos mediante análises efectuadas à qualidade da água, cujos resultados são verificados por laboratório independente.

Paulo Gouveia da Costa considera que esta distinção é resultado de um planeamento correcto e rigoroso traçado nos últimos quatro anos pela Fagar
paulo gouveia da costa
Presidente do conselho de administração da Fagar acredita que esta distinção é um reconhecimento da competência técnica dos trabalhadores da empresa

O presidente do conselho de administração da empresa, Paulo Gouveia da Costa, afirma que “a atribuição desta distinção, pela primeira vez, é por um lado o reconhecimento da competência técnica dos trabalhadores da empresa mas também, por outro lado, o resultado de um planeamento correcto e rigoroso, traçado nos últimos quatro anos, e que começou gradualmente a traduzir-se em resultados positivos”.

Para o presidente da Câmara de Faro “esta distinção prestigia muito o concelho mas é sobretudo uma garantia para a população farense da qualidade da nossa água”. Rogério Bacalhau acrescentou ainda que “este prémio confere agora maior responsabilidade à Fagar, EM, no sentido de procurar manter os níveis de qualidade de água que tem vindo a alcançar e que tanta confiança nos dão”.

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)