Câmara de Alcoutim e Direcção Regional de Agricultura esclarecem medidas de combate...

Câmara de Alcoutim e Direcção Regional de Agricultura esclarecem medidas de combate à seca

275
PARTILHE
seca
A sessão de esclarecimento em Alcoutim

“A seca extrema que afecta mais de 75% do território de Portugal continental e a que o concelho de Alcoutim não escapa merece do executivo da Câmara Municipal um acompanhamento constante”, diz o presidente da Câmara Osvaldo Gonçalves.

O quadro de falta de água no solo para o correcto desenvolvimento das culturas e das forragens para animais é uma preocupação que afecta todo o país e o concelho de Alcoutim encontra-se entre as zonas afectadas de forma mais severa no Algarve, à semelhança do que acontece em quase toda a zona de fronteira com Espanha, de acordo com os dados do Instituto Português do Mar e da Atmosfera relativos a 30 de Outubro.

Para fazer face à situação e aos efeitos negativos que esta tem na agricultura e na pecuária a Câmara em cooperação com a Direcção Regional de Agricultura e Pescas (DRAP) do Algarve reuniram-se em Alcoutim com o objectivo de dar a conhecer e explicar as medidas do Governo que visam diminuir o impacto da seca nas actividades económicas.

Numa sala cheia a autarquia contou com a presença do director regional de Agricultura e Pescas, Fernando Severino, e vários técnicos da DRAP que deram informações fundamentais para que os agentes económicos possam recorrer às ajudas extraordinárias disponibilizadas pelo Estado para minorar o impacto da seca severa.

O presidente da Câmara Municipal mantém com as autoridades regionais uma estreita colaboração no acompanhamento da situação no concelho e na facilitação do acesso dos agricultores e criadores de gado aos fundos disponibilizados.

“Trata-se de um problema que não podemos deixar de ter em atenção permanente no sentido de evitar os efeitos que a situação pode acarretar para os alcoutenejos e quanto ao qual tudo faremos para que possamos diminuir o impacto no território do concelho de Alcoutim”, conclui o autarca.

(Artigo publicado na edição papel do Caderno de Alcoutim de Novembro)