Daniela Vairinhos candidata-se com lista experiente à Direcção-Geral da AAUAlg

Daniela Vairinhos candidata-se com lista experiente à Direcção-Geral da AAUAlg

1893
PARTILHE
Daniela Vairinhos
Candidata quer aproximar a Académica dos estudantes

Após um ano de reflexão e preparação, Daniela Vairinhos candidata-se agora à presidência da Direcção-Geral da Associação Académica da Universidade do Algarve (UAlg). Para a candidata, “decisões destas não se tomam do dia para a noite e projectos destes não se constroem às ‘três pancadas’. Por isso, dediquei o meu tempo a um projecto dinâmico, começando logo pela equipa que comigo trabalha”.

A lista liderada por Daniela Vairinhos é composta por uma equipa experiente de 50 elementos que já estiveram integrados em vários órgãos de representação dos alunos da UAlg. “Conheço as capacidades de cada um e as mais-valias que trazem para este projecto e, mesmo assim, ao longo dos dias surpreendem-me dando ainda mais do que lhes peço. Por eles, meto as mãos no fogo”, refere a candidata.

Candidata afirma estar consciente do trabalho, esforço e dinamismo que o cargo exige

A decisão de se candidatar foi tomada com consciência do trabalho, esforço e dinamismo que o cargo de dirigente associativo requer. Depois de dois anos dedicados à Académica, “que para mim é uma segunda casa, duas Direcções, dois mandatos, dois anos de crescimento pessoal e colectivo”, a candidata faz questão de agradecer a Nuno Lopes, por ter sido “o primeiro pilar da minha formação enquanto dirigente”, e a Rodrigo Teixeira, por ter acreditado “no meu potencial para ser dirigente, convidando-me para ser vice-presidente”.

Daniela Vairinhos quer manter a UAlg unida

Afirma-se como uma “defensora ferrenha da nossa academia” e defende que na UAlg se vive “um espírito que não se encontra nas outras academias: uma união diferente, uma família. Fizemos o que não esperavam de nós. Há um ano atrás abdicámos da energia habitual de um desfile composto por hinos de cursos e tanta alegria para trajarmos de luto por algo tão marcante no nosso percurso académico: as nossas praxes. Este ano, perdemos um dos nossos e toda a UAlg se uniu para lhe prestar homenagem. Em cinco anos na nossa academia, foi nestes momentos de união académica onde senti, com a maior força que tenho, um enorme orgulho em ser da UAlg”.

Daniela Vairinhos acredita que deve ser a Associação Académica a “manter e fortalecer esta união e esta é uma das metas da nossa equipa: manter a UAlg unida, aproximando a Académica dos estudantes”.

(Cátia Marcelino / Henrique Dias Freire)