Infante D. Henrique é homenageado em Aljezur, Lagos e Vila do Bispo

Infante D. Henrique é homenageado em Aljezur, Lagos e Vila do Bispo

533
PARTILHE
- Pub -
panorPraça Infante
Programa pretende valorizar a vida e obra de D. Henrique

No próximo dia 13 de Novembro assinala-se a passagem dos 557 anos sobre a morte do Infante D. Henrique e este foi o mote para que que a Associação de Municípios ‘Terras do Infante’, formada pelos municípios de Aljezur, Lagos e Vila do Bispo, organizasse um conjunto de “actividades destinadas a homenagear e reforçar o papel do homem, do visionário, aventureiro e do descobridor que se tornou numa das figuras mais importantes da história mundial e dos Descobrimentos Portugueses”, refere a organização.

A Associação ‘Terras do Infante’ considerou “a importância e relevância histórica do grande navegador Infante D. Henrique na História de Portugal, em particular na fase henriquina dos Descobrimentos Portugueses (1415-1460), bem como a sua ligação aos municípios que compõem a associação”, e voltou este ano a organizar um programa onde relembra os 557 anos sobre a morte do Infante, que pretende não apenas valorizar a vida e obra de D. Henrique, enquadrando-o historicamente e no contexto social, político e religioso, mas igualmente dar destaque aos vários aspectos do património material existente nestes municípios ou com alguma relação a esse período do séc. XV.

Iniciativas decorrem entre os dias 4 e 13 de Novembro nos três concelhos que integram a associação

Palestras, visitas guiadas e concertos são os destaques da programação prevista para assinalar esta data. As iniciativas vão decorrer entre os dias 4 e 13 de Novembro nos três concelhos que integram a Associação de Municípios ‘Terras do Infante’.

O programa tem início no dia 4 de Novembro, com uma ‘Rota das Especiarias’, em Aljezur, e entre os dias 7 e 10 estão previstas várias palestras nas escolas dos concelhos, com o principal objectivo de envolver e dar a conhecer aos mais novos o importante papel desempenhado pelo Infante D. Henrique na História do país.

Nos dias 10 e 11, na Galeria Lar, estão previstas várias iniciativas também ligadas à vida do Infante D. Henrique, sendo que o último dia termina com uma actuação do músico M-PEX e do bailarino El CONGUITO (mais informação em http://www.lac.org.pt/).

O dia 11 será preenchido com visitas por diversos locais dos três municípios, terminando o dia com o concerto ‘A Presença, Serena e Terna’, na Igreja de Nossa Senhora de Alva, em Aljezur. As inscrições são gratuitas e limitadas até ao próximo dia 8. Também para este dia está previsto um Percurso Performativo de Oralidade no Património, a ter lugar no Forte Ponta da Bandeira.

Dia 13 é dedicado à Cerimónia Protocolar de Homenagem ao Infante D. Henrique

No dia 12 decorre, na Igreja de Santo António, em Lagos, o Concerto ‘In memoriam Infante D. Henrique’, um Solo de Saxofone por Filipe Martins.

O dia 13 de Novembro será dedicado à Cerimónia Protocolar de Homenagem ao Infante D. Henrique, que acontecerá em Lagos, pelas 11 horas, e terminará em Sagres, com a realização de uma Missa de Sufrágio na Igreja de Nossa Senhora da Graça, seguida de Homenagem ao Infante D. Henrique, junto ao Padrão de 1960 (Fortaleza de Sagres).

Estas comemorações contam com os apoios da Direcção Regional de Cultura do Algarve; Paróquias de Raposeira, Vila do Bispo e Sagres.