Leitura da semana: Sinal de Vida, de José Rodrigues dos Santos

Leitura da semana: Sinal de Vida, de José Rodrigues dos Santos

388
PARTILHE
A rubrica Leitura da Semana é publicada semanalmente à terça-feira; Paulo Serra é doutorado em Literatura na Universidade do Algarve e investigador do CLEPUL
A rubrica Leitura da Semana é publicada semanalmente à terça-feira;
Paulo Serra é doutorado em Literatura na Universidade do Algarve e investigador do CLEPUL

José Rodrigues dos Santos nasceu em 1964 em Moçambique, na Beira. Começou a sua carreira de jornalista em 1981, na Rádio Macau, trabalhou na BBC e na CNN. Doutorado em Ciências da Comunicação, é jornalista da RTP e desde o romance histórico A Filha do Capitão, que tem como cenário a participação de Portugal na Primeira Grande Guerra, tem publicado uma ou mais obras todos os anos.

Criou um improvável herói português, a figura do criptanalista e historiador Tomás Noronha, que se envolve nas mais variadas missões e aventuras, das mais prementes e actuais, como o Islamismo e a Al-Qaeda, em Fúria Divina, às mais filosóficas ou teológicas, como a busca da prova científica da existência de Deus, emA Fórmula de Deus. Em alternância, José Rodrigues dos Santos tem mantido o interesse pelo romance histórico, podendo-se destacar romances como O Homem de Constantinopla, em que baseado em factos verídicos o autor reimagina a história de vida do filantropo arménio, Kaloust Sarkis Gulbenkian, ou mais recentemente a «Trilogia do Lótus».

jose rodrigues dos santos
José Rodrigues dos Santos já vendeu mais de três milhões de exemplares em todo o mundo

Depois dos romances As Flores de Lótus (2015) e O Pavilhão Púrpura (2016), O Reino do Meio encerra a história inesquecível de quatro protagonistas de quatro nacionalidades distintas, entre Portugal, China, Japão e Rússia, aproximadas pela particularidade destas quatro vidas serem moldadas pelos vários totalitarismos do século XX.

Muito pouco depois da publicação de O Reino do Meio, a Gradiva lança agora Sinal de Vida, o décimo oitavo romance de José Rodrigues dos Santos, em que Tomás Noronha se vê catapultado para aquela que será, possivelmente, a sua maior aventura de sempre, ao ser recrutado por uma equipa de astronautas da NASA que prepara com urgência uma missão espacial internacional para ir ao encontro de uma nave desconhecida que se dirige à Terra.

livro
A capa do livro de José Rodrigues dos Santos

Enquanto escritor, José Rodrigues dos Santos obteve duas nomeações para o Prémio IMPAC Dublin e foi eleito seis vezes Escritor de Confiança Reader’s Digest em Portugal e duas vezes Escritor Cinco Estrelas de Portugal. Vendeu mais de três milhões de exemplares em todo o mundo e está publicado em mais de vinte línguas. Em Portugal bem como no estrangeiro, as suas obras têm conquistado os primeiros lugares nos tops de vendas.

Toda a sua obra se encontra publicada pela Gradiva.