Ortorexia e Vigorexia: perturbações do comportamento alimentar

Ortorexia e Vigorexia: perturbações do comportamento alimentar

412
PARTILHE
- Pub -
Filipa Nobre Psicóloga naturamentepsi@gmail.com
Filipa Nobre
Psicóloga
naturamentepsi@gmail.com

No último artigo foram abordados os factores que podem levar uma pessoa a desenvolver um distúrbio alimentar.

Como foi referido as perturbações do comportamento alimentar caracterizam-se por alterações no padrão do comportamento alimentar que têm prejuízos severos directos na saúde das pessoas. No DSM-V (Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais) apenas constam a Anorexia Nervosa, a Bulimia Nervosa e o Transtorno de Compulsão Alimentar que serão descritos nas próximas edições individualmente. No entanto, existem outros transtornos que não constam no DSM-V, mas que têm características muito próprias e necessitam de intervenção. Estão encaixadas dentro de outro tipo de perturbações como as perturbações da ansiedade, obsessivo-compulsivas ou somatoformes, por exemplo. Dado o impacto no comportamento alimentar que estas perturbações causam, podemos encará-las também na intervenção.

Nesta edição, serão abordados dois.

Ortoréxica Nervosa: preocupação extrema com a qualidade dos alimentos
Ortorexia e Vigorexia
Na Associação Semear saúde pode encontrar resposta para as situações de ortorexia e vigorexia com acompanhamento especializado

Ortorexia Nervosa. Existe uma preocupação extrema com a qualidade da alimentação gastando imenso tempo a pensar e planificar as escolhas alimentares. São pessoas que escolhem comer alimentos com muita qualidade, a forma de confeccionar de forma extrema. É um transtorno que inicialmente mascara uma condição salutar devido às escolhas de carácter saudável. O problema, muitas vezes, é a intensidade, como explica Steven Bratman, autor do termo e do livro Healthy Food Junkies, “No final, o ortoréxico acaba passando grande parte da sua vida planejando, comprando, preparando e comendo seus pratos”. O ortoréxico torna-se obcecado com a qualidade dos alimentos, desde os nutrientes, se são frescos, tempo e forma de cozedura, embalamento, etc. Ficam restritos aos alimentos e formas de cozinhar a que se permitem e em circunstância alguma se afastam das suas escolhas. Como consequência, estas pessoas perdem imenso tempo do seu dia a pensar na comida, restando pouco espaço para outras actividades, perdendo a concentração, motivação no trabalho ou estudos acabando por se isolar e perder conexões sociais. Este é um distúrbio que embora tenha escolhas alimentares saudáveis poderá levar a pessoa à desnutrição devido ao carácter limitativo das mesmas.

Vigorexia ou Transtorno Dismórfico Muscular: obsessão em ter músculos fortes e definidos
Ortorexia e Vigorexia
Pessoas com vigorexia nunca estão satisfeitas com as conquistas corporais

Caracteriza-se pela permanente insatisfação corporal, pela obsessão em ter músculos fortes e definidos. Normalmente, estas pessoas nunca estão satisfeitas com as conquistas corporais e embora tenham músculos muito desenvolvidos, levam-nos à prática exaustiva de exercícios físicos muito exigentes. Esta perturbação, leva à adopção de dietas muitas restritivas com o intuito de reduzir a massa gorda e aumentar a massa muscular, com recurso a grandes quantidades de proteínas e por vezes anabolizantes que podem prejudicar gravemente o organismo com consequências graves a nível renal, hepático, cardiovascular para além de estarem associados outros sintomas como a ansiedade, depressão, irritabilidade, sentimento de fracasso pelos objectivos na sua óptica nunca alcançados.

Ortorexia e Vigorexia
Comportamentos obsessivos podem surgir a qualquer momento e em qualquer pessoa

A Psicologia do Comportamento Alimentar com o Programa RAFCAL- Reabilitação Afeto Cognitiva do Comportamento Alimentar, actua especificamente nestas situações.

Para mais informações, contacte a Associação Semear Saúde, através do número 281 320 902 ou email associacaosemearsaude@gmail.com.