Piscina Municipal de Castro Marim arranca com actividades em Dezembro

Piscina Municipal de Castro Marim arranca com actividades em Dezembro

161
PARTILHE
Piscina Municipal CM (2)
Actividades regulares começam já em Dezembro

Depois de um período de encerramento para obras de melhoramento, a Piscina Municipal de Castro Marim já reabriu e arranca no princípio de Dezembro com as actividades regulares. Para além da utilização escolar (a partir dos quatro anos) e do público em geral (de segunda a sexta-feira, entre as 10 e as 17 horas), a Piscina Municipal de Castro Marim oferece diversificadas actividades, que procuram abranger as várias faixas etárias e os interesses dos munícipes.

‘Ao Ritmo dos 60’ é uma actividade destinada à população residente no concelho com idade superior a 55 anos. De carácter gratuito, o principal objectivo é promover a saúde e manter a autonomia durante o envelhecimento que cada vez mais caracteriza a nossa população. Actualmente, o programa abrange cerca de 120 munícipes, organizados em turmas em função da sua área de residência, uma vez que a autarquia disponibiliza transporte aos interessados.

Ao Ritmo dos 60Piscina tem duas novas actividades para crianças

‘Escola de Natação’ destina-se a maiores de quatro anos de idade e tem como principal objectivo a Adaptação ao Meio Aquático (AMA) e a Aprendizagem das diferentes técnicas de natação (AP). Esta actividade é considerada bastante benéfica por promover o desenvolvimento físico e emocional da criança a vários níveis do seu desenvolvimento biológico, bem como na formação da sua personalidade. Para esta actividade é necessário proceder a nova constituição das turmas, mediante o número de inscritos.

Escola de Natacao‘Encontro para Bebés’ tem como objectivo colmatar a inexistência de uma aula para bebés (a partir dos seis meses) e crianças até aos quatro anos de idade. As inscrições já estão abertas.

Piscina Municipal CM (1)
Câmara realizou intervenções de várias ordens no equipamento

A Piscina Municipal foi encerrada devido a uma não conformidade registada nas análises periódicas, “mas dado o reconhecimento de algumas debilidades construtivas e problemas que se prendiam com o uso cada vez mais frequente das instalações, a Câmara optou por realizar intervenções de várias ordens no equipamento”, refere a autarquia.