Vêm sempre os três comigo

Vêm sempre os três comigo

724
PARTILHE
A OPINIÃO de ANA AMORIM DIAS Escritora www.anaamorimdias.blogspot.com anamorimdias@gmail.com
A OPINIÃO de ANA AMORIM DIAS
Escritora
www.anaamorimdias.blogspot.com
anamorimdias@gmail.com

Acho que nunca saio verdadeiramente sozinha. Por mais que sejamos só eu e ela, e mesmo em estradas desertas, trago sempre companhia. Por norma vêm três comigo, encavalitados num íntimo que me fomentaram forte, leve e resistente. Sim; os três motociclistas da minha vida instalam-se bem cá dentro de cada vez que pego no capacete e nas luvas e me dirijo à garagem.

O meu pai vem de anjo da guarda, creio, alternando a alegria que o som do icónico motor lhe desperta com um aberto sorriso de orgulho.

-Vamos Anutska? – desafiava sorridente quando queria companhia. E aprendi a ser pendura com ele, nem me lembro com que idade mas muito antes de, já adolescente, ao libertar do capacete a melena, insistir em sacudi-la assim como via nos filmes.

O meu marido vem de farol, escudo, porto seguro e exemplo pois conduz como um herói; vem a sussurrar “diverte-te” num constante mantra de apoio incondicional a quaisquer que sejam os novos voos a que sempre me proponho.

Comentários no Facebook