Mais de 2.800 condutores apanhados pela GNR em excesso de velocidade no...

Mais de 2.800 condutores apanhados pela GNR em excesso de velocidade no Natal

1494
PARTILHE
Militares mobilizados nesta operação tiveram como prioridade a prevenção da sinistralidade rodoviária

A GNR registou 2.825 infracções por excesso de velocidade e 308 por condução sob a influência do álcool durante os cinco dias da operação ‘Natal Tranquilo’, indicou esta quarta-feira, 27 de Dezembro, a corporação.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que, dos 308 condutores apanhados com álcool, 93 tinham uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 gramas por litro, o que constitui um crime.

Durante a operação “Natal Tranquilo”, que decorreu entre 22 e 26 de Dezembro, os militares da GNR detectaram ainda 211 infracções por utilização do telemóvel durante a condução e 196 devido à incorrecta ou não utilização do cinto de segurança.

Durante os cinco dias da operação ‘Natal Tranquilo’, a GNR registou 933 acidentes rodoviários, que provocaram sete mortos, 19 feridos graves e 299 feridos ligeiros.

Aquela força de segurança intensificou, entre 22 a 26 de Dezembro, em todo o país, o patrulhamento rodoviário nas estradas de maior tráfego na altura do Natal, conforme noticia a Agência Lusa.

Os militares mobilizados nesta operação tiveram como prioridade a prevenção da sinistralidade rodoviária, “garantindo a fluidez do tráfego e apoio a todos os utentes das vias, no sentido de lhes proporcionar uma deslocação em segurança”, refere ainda a GNR, em comunicado.

Facebook Comments

Comentários no Facebook