Comício do PCP traz Jerónimo de Sousa ao Algarve

Comício do PCP traz Jerónimo de Sousa ao Algarve

826
PARTILHE
jeronimo de sousa
Comício vai ter uma intervenção de Jerónimo de Sousa

No arranque de 2018, o Partido Comunista Português (PCP) vai promover, no próximo dia 27 de Janeiro, um comício regional que terá lugar no Grande Auditório da Universidade do Algarve (Faro – Gambelas) pelas 16 horas.

Além da intervenção de Joana Sanches, membro do Comité Central do PCP, que intervirá em nome da Direcção da Organização Regional do Algarve, o comício conta também com a presença e intervenção de Jerónimo de Sousa, Secretário-geral do partido, numa iniciativa que pretende contribuir “não apenas para a valorização do papel do PCP nos avanços e conquistas alcançados nesta nova fase da vida política nacional, mas também, face às opções do Governo PS de submissão às imposições da União Europeia e aos interesses do grande capital, para a afirmação de uma política e de um rumo alternativo, uma política patriótica e de esquerda que responda, de forma estrutural, aos problemas dos trabalhadores, do povo e do país”, refere a organização.

PCP espera cerca de 500 pessoas no comício

No Algarve são esperadas cerca de 500 pessoas para debater as questões mais significativas que se colocam à região, com a exigência de melhores salários e mais direitos; do combate à precariedade laboral que atinge milhares de trabalhadores na região; a luta pela defesa e valorização dos serviços públicos, com destaque para a situação preocupante no sector da saúde na região mas também para o encerramento de postos de correios e outros problemas relacionados com ensino e transportes; a luta contra as portagens na Via do Infante e pela sua abolição; a defesa do aparelho produtivo regional, cada vez mais carente de investimento e estímulo ao seu desenvolvimento” afirma o PCP.

As actuações de Luís Galrito e António Hilário trazem a música popular portuguesa ao comício que contará ainda com transportes organizados a partir de todos os concelhos da região.

Comentários no Facebook