Erasmus+: Escola Secundária de Loulé ruma à Estónia

Erasmus+: Escola Secundária de Loulé ruma à Estónia

1439
PARTILHE
escola secundaria loule
Nove alunos e professores da Escola Secundária de Loulé preparam-se para visitar a Estónia

Nove alunos e professores da Escola Secundária de Loulé preparam-se para rumar à Estónia, no âmbito de um projecto Erasmus+. Depois dos encontros na Eslovénia, Martinica e Itália, a parceria vai juntar-se em Parnü, na Estónia, entre 28 de Janeiro e 3 de Fevereiro.

“Enquanto os docentes terão reuniões de trabalho, ao longo da semana, os alunos vão frequentar uma formação subordinada ao tema “Introdução às técnicas de tradução e legendagens de vídeos”. Estão também previstos encontros entre a parceria e autoridades estónias, em Parnü e em Tallin, para a disseminação do projecto”, explica Ermelinda Travia, coordenadora de escola do projecto Erasmus+.

A representação portuguesa far-se-á representar pelos professores Duarte Duarte, Maria Ermelinda Travia, Maria de Fátima Dias e Paulo Ribeiro e ainda pelos alunos Francisco Alves, João Maria Encarnação, Tatiana Correia, Vasco Raminhos e Márcia Guerreiro, alunos dos 11º e 12º ano dos Cursos Científico-Humanísticos e Cursos Profissionais.

Esta parceria para a Inovação e Boas Práticas, intitulada “Education au patrimoine via les parcours de santé”, envolve escolas de cinco países: o Lycée professionnel la Trinité, Martinica, França, a Escola Secundária de Loulé, Portugal, o Liceo Statale Principe Umberto, Sicilia, Itália, o Pärnu Ühisgümnaasium, Estónia e o Šolski center Krško-Sevnica, Eslovénia.

O projecto pretende utilizar os dispositivos móveis e as suas aplicações simples como ferramentas motivadoras e recursos educacionais, para actividades práticas e experimentais, nomeadamente roteiros electrónicos de percursos educativos, que facilitem as saídas de campo/visitas de estudo. O objectivo é tirar partido da eficiência e portabilidade crescentes das mais recentes TIC.

Os utilizadores da aplicação, professores, estudantes e posteriormente o público em geral, poderão facilmente orientar-se nas saídas de campo, através de percursos georreferenciados que poderão ser percorridos a pé e/ou de bicicleta. Os roteiros incluirão ainda percursos alternativos para pessoas com mobilidade reduzida. Estes percursos educativos permitirão ao utilizador guiar-se, autonomamente ou em grupo, descobrindo e aprendendo conteúdos relacionados com várias áreas temáticas (arte, biologia, geologia, física, literatura, matemática, química, etc…)

O site do projecto pode ser acedido em: http://trails2education.eu/ e o facebook, através do URL https://www.facebook.com/trails2educationeu-1686342281664390/

Facebook Comments

Comentários no Facebook