Monstrare mostra ao público louletano filmes rodados no concelho

Monstrare mostra ao público louletano filmes rodados no concelho

682
PARTILHE
Monstrare
‘Sam’ de Diogo Simão conta a história de uma bailarina que se sente culpada pela morte da melhor amiga

A quarta edição da Monstrare – Mostra Internacional de Cinema Social integra filmes rodados no concelho de Loulé, dando a conhecer o trabalho que tem sido realizado pela Câmara na promoção do concelho como destino (‘location’) de produção de cinema, televisão, publicidade ou fotografia.

Entre 18 e 20 de Janeiro o evento promove junto do público o cinema centrado nas temáticas sociais como forma de sensibilização para as mesmas. ‘Monstrare’, palavra latina que significa tornar algo visível ou denunciar, dá nome ao evento, com entrada livre, promovido pela Câmara de Loulé / Loulé Film Office, que é o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais.

‘Ivan’ de Bernardo Lopes é curta-metragem que inaugura o evento
Monstrare
‘Ivan’ de Bernardo Lopes foi integralmente rodada em Quarteira

No dia inaugural (18 de Janeiro), o auditório do Convento Espírito Santo recebe duas curtas-metragens, pelas 21.30 horas, ‘Ivan’ de Bernardo Lopes e ‘Sam’ de Diogo Simão.

A primeira foi integralmente rodada em Quarteira e tem feito um percurso internacional surpreendente, contando já com alguns prémios como o de ‘Melhor Realizador’, no Chelsea Film Festival (Nova Iorque) ou o ‘Grande Prémio do Júri’, no Laughlin Film Festival.

- Pub -

A película de Diogo Simão dá a conhecer o interior algarvio e conta a história de uma bailarina de hip-hop que se sente culpada pela morte da melhor amiga.

Loulé foi o cenário principal do último filme de John Hurt
filme john hurt
‘That Good Night’ foi o último filme de John Hurt

A 19 de Janeiro, pelas 21.30 horas, ‘That Good Night’, de Eric Styles, é apresentado no Cine-Teatro Louletano. É o derradeiro filme de ‘Sir’ John Hurt, conceituado actor que faleceu em 2017, vítima de doença prolongada.

Rodado em 2016, o filme tem como cenário principal o concelho de Loulé, desde a emblemática zona histórica às localidades rurais como Monte Seco. A película aborda a vida de Ralph, interpretado por John Hurt, um doente terminal com mais de 70 anos que luta por restaurar o equilíbrio na sua família, chegar ao termo com os seus princípios morais e morrer com dignidade.

Quarta edição do evento encerra com a apresentação de ‘São Jorge’, de Marco Martins
nuno lopes
Nuno Lopes foi distinguido como ‘Melhor Actor’ no Festival de Veneza 2016 pelo seu desempenho em ‘São Jorge’

No encerramento desta quarta edição da Monstrare (20 de Janeiro), pelas 21.30 horas, o Cine-Teatro Louletano recebe a apresentação de ‘São Jorge’, de Marco Martins, que tem Nuno Lopes como protagonista, distinguido como ‘Melhor Actor’ na Categoria Horizontes, no Festival de Veneza 2016 pela sua actuação nesta longa-metragem.

Jorge é boxeur, desempregado e corre o risco de perder o seu filho e a sua mulher, que decidiu regressar ao Brasil. Em desespero, Jorge aceita trabalho numa empresa de cobranças difíceis e, ironicamente, passa a intimidar aqueles que, como ele, se vêem a braços com dívidas que não conseguem pagar. Impele-o a fé numa vida melhor para a sua família, mesmo quando se vê empurrado para um caminho de marginalidade.

Facebook Comments

Comentários no Facebook