Silves sensibiliza para a obrigatoriedade de limpar florestas

Silves sensibiliza para a obrigatoriedade de limpar florestas

712
PARTILHE
limpeza florestal
Acções de sensibilização e informação alertam também para os comportamentos a adoptar em caso de incêndio florestal

O Serviço Municipal de Protecção Civil da Câmara de Silves tem vindo a sensibilizar as populações para a obrigatoriedade legal relativa à limpeza das áreas envolventes às suas residências, que tem como data limite 15 de Março.

A autarquia silvense alerta “todos os munícipes para a necessidade de colaborarem com as autoridades e com a Protecção Civil Municipal e para a obrigatoriedade destas acções de limpeza, que se devem realizar nos 50 metros em torno das habitações e que são da responsabilidade dos proprietários”. Assim, “o incumprimento dessa norma poderá sujeitar os infractores a multas com valores muito altos, aumentados para o dobro no Orçamento de Estado de 2018”.

Estas acções de sensibilização e informação levadas a efeito pela autarquia que alertam, também, para os comportamentos a adoptar em caso de incêndio florestal, decorrem ao mesmo tempo que a Protecção Civil tem vindo a fazer um levantamento, com diversos operacionais no terreno da população residente na área florestal do concelho nas freguesias de São Marcos da Serra, SB Messines e Silves.

Este levantamento está em curso desde o início do ano, tendo sido desenvolvido pelos sapadores florestais municipais e por elementos Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA). Estas equipas identificam todas as edificações existentes na área florestal, referenciando os edifícios efectivamente habitados e identificando a faixa etária, condições de mobilidade e de debilidade das populações residentes nessas casas. Deste modo, será mais fácil, em caso de incêndio, implementar um plano de evacuação.

Comentários no Facebook