Festival de Caminhadas integra pela primeira vez Algarve Walking Season

Festival de Caminhadas integra pela primeira vez Algarve Walking Season

1072
PARTILHE
caminhadas2
Participantes percorrem concelho até Sanlúcar de Guadiana

O Festival chega este ano à sua 5ª edição e está pela primeira vez integrado no Algarve Walking Season, um novo evento regional apoiado pelo Turismo de Portugal e pelo Turismo do Algarve.
São, para a autarquia, “cinco anos de crescimento de um evento estratégico para o desenvolvimento do território, aliando as potencialidades naturais a todo o património cultural, histórico e gastronómico existente, bem como, a todas as actividades empresariais que exploram o turismo sustentável e as experiências que o visitante pode ter neste outro Algarve”. Um Algarve que pode ser descoberto através dos 13 percursos que fazem parte desta edição do evento, com diferentes níveis de dificuldade.

Muito mais que simples caminhadas

Um pouco por todo o concelho e até Sanlúcar de Guadiana, a Câmara Municipal, em colaboração com o Ayuntamiento de Sanlúcar de Guadiana, convida a conhecer os ‘Entardeceres de Alcoutim desde Sanlúcar de Guadiana’, a descobrir o caminho ‘Entre a ribeira de Cadavais e as estrelas’, a percorrer as ‘Paisagens apícolas das Taipas’, a andar pelo ‘Trilho dos Pastores e dos Moinhos’, a passar a ‘Manhã com o pastor’, a entrar na ‘Via Algarviana – Sector 1’, a ‘Caminhar e fazer pão’, a conhecer os ‘Anoiteceres do Caldeirão’, a entrar nos ‘Trilhos de Ronda no Guadiana, do Vascão a Alcoutim’, a fazer o ‘Percurso de Observação da Natureza na Ribeira do Vascão’, a aventurar-se ‘Pelos Caminhos da Defesa Raiana no Guadiana – Entre Alcoutim e Sanlúcar de Guadiana’, a participar na ‘Marcha Corrida de Vaqueiros’ ou até mesmo a passar a ‘Tarde com o pastor’.

Acompanhar um pastor na guarda do seu rebanho é uma das propostas
Acompanhar um pastor na guarda do seu rebanho é uma das propostas

Propostas que vão além de uma simples caminhada, afirmando-se como verdadeiras experiências onde os participantes aliam o exercício à história da região, conhecendo espaços, monumentos, gastronomia e as gentes de cada terra por onde passam. Experiências como conhecer o ciclo do mel, provar queijo fresco de cabra, cozer pão, degustar produtos da terra ou acompanhar um rebanho de cabras podem ser vivenciadas durante alguns dos percursos.

Comentários no Facebook