EcoFest promete ‘alegria e boa disposição’ em Marim

EcoFest promete ‘alegria e boa disposição’ em Marim

809
PARTILHE
ecofest
Evento celebra o património musical, cultural, ambiental, natural e paisagístico

Num ambiente sustentável, o EcoFest promete “alegria e boa disposição”, entre os dias 4 e 6 de Maio, no Parque Natural da Ria Formosa, em Marim. Este evento irá ser completamente gratuito e vem com o desejo de dar continuidade ao EcoFest, realizado em Odeceixe (2008) e em Monchique (2011), visando afirmar um novo conceito de festival em Portugal.

Evento pretende fazer uma ligação entre a animação musical e o contacto com o património natural e cultural, onde as pessoas de todas as idades, “sobretudo famílias com crianças” possam aprender, conhecer, apreciar e até contribuir para a preservação e valorização da Ria Formosa.

Programação ambiental e artística tem actividades para todos os gostos

A programação ambiental do festival contará com percursos pedestres, bird watching, visita aos viveiros e às salinas, libertação de animais pela associação RIAS e ainda passeios de barco na Ria Formosa.

Quanto à programação artística e cultural será composta por performances, música, contos e teatro a realizar no Moinho de água e nas ruínas romanas. As performances serão “criações da coreógrafa Filipa Rodriguez”, refere em entrevista ao POSTAL Fernando Guerreiro, da ARCA, Associação Recreativa e Cultural do Algarve.

Musicalmente, a selecção terá como base os grupos de world music e muita música móvel. Serão também realizados workshops de danças do mundo, bem como bailes dançantes.

Adultos e crianças podem passear de burro pelo parque

O festival conta também com as burricadas, que são os passeios de burro pelo parque natural para adultos e crianças, “como forma de apoiar este animal que fez parte do quotidiano algarvio em tempos passados e preservar a espécie e a tradição algarvia”.

Todos os dias, para os interessados, haverá uma conferência com temas ligados ao “ambiente, turismo e cultura”.

(Milene Alves Maria / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook