PALMADINHAS NAS COSTAS: Somos um povo sem coluna vertebral

PALMADINHAS NAS COSTAS: Somos um povo sem coluna vertebral

525
PARTILHE
João Negrão Belo
CRÓNICA SOCIAL. A OPINIÃO de JOÃO NEGRÃO BELO;
Ex-presidente da Câmara Municipal de Faro

Que balanço pode o povo fazer, destas intempéries que passaram por Faro, do barulho feito em seu redor e das respostas dadas pelas entidades, que têm por missão proteger o país?

E das Instituições de solidariedade, das IPSS’s, da Cruz Vermelha, da Misericórdia..?

Da Protecção Civil viu-se efectivamente resposta imediata, musculada e eficaz.

Mas quanto aos danos morais e físicos que vieram a lume?

- Pub -

Ficámos a saber que, para além das necessidades de habitação dos ciganos, há 10 vezes mais carentes nos outros estratos sociais.

E que respostas há por parte do Estado? Terrenos? Pavilhões? Contentores? projectos de Habitação? Financiamento? Candidaturas a Fundos Europeus?

Depois desta visita mediática, que diligências técnicas e governamentais ficaram programadas? Que medidas vão ser tomadas pelo Pelouro da Habitação?

OU FICAMOS PELAS PALMADINHAS NAS COSTAS?

HOUVE AFECTO, felizmente… mas quanto a respostas, soluções e novas condições, quem deu?

Só se viu, alguns partidos a responder atabalhuadamente em matéria que não lhes é comum. E também se viram alguns abutres do social a marcar presença.

Espero que passada a tempestade, haja informação, para os interessados conhecerem o RUMO CERTO que a câmara vai seguir.

Em comunicado à Imprensa a Câmara acaba de responder às minhas perguntas e cabalmente.

Já amanhã, o Senhor Ministro do Ambiente e a Senhora Secretária de Estado da Habitação reúnem na Câmara, para estudar e propor medidas a tomar.

Estamos em consonância no PENSAR. Esperemos que também no AGIR.

Eu, aproveitava esta alteração de dinâmica e entregaria o pelouro da Habitação ao PS para que sentissem o peso da RESPONSABILIDADE.

Presidente da República visitou ontem Faro depois do assombroso temporal
Presidente da República visitou ontem Faro depois do assombroso temporal

Comentários no Facebook